Policia

Jovem de 19 anos é acusado de atropelar propositalmente e matar professor em cidade do Médio Araguaia

Os policiais rapidamente se dirigiram ao local do acidente e, com a ajuda de uma enfermeira, constataram que a vítima já estava sem vida

10/06/2024 11h35 | Atualizada em 11/06/2024 14h39

PUBLICIDADE

Na madrugada deste domingo (09), um atropelamento fatal foi registrado em São José do Couto, distrito de Campinápolis. Um VW Gol vermelho atropelou e matou o professor Leandro Ribeiro Padilha, conhecido como Caju, de 31 anos.

Segundo informações policiais militares que estavam em patrulha durante uma festa junina na comunidade foram informados sobre um rapaz deitado ao lado da Avenida Central, com sangue na cabeça.

Os policiais rapidamente se dirigiram ao local e, com a ajuda de uma enfermeira, constataram que a vítima já estava sem vida. Enquanto aguardavam a chegada da Perícia Técnica (Politec), moradores informaram à polícia que havia câmeras de segurança próximas ao local do incidente.

As imagens registraram o momento em que o veículo subiu no meio-fio e atingiu o professor. Com base nas características do carro e informações fornecidas pelos moradores, a Polícia Militar encontrou o automóvel com danos recentes.

O proprietário informou que o veículo estava com seu sobrinho. Ao localizar o suspeito, um jovem de 19 anos, ele confessou o crime e foi preso em flagrante, sendo encaminhado à Polícia Civil de Campinápolis. A motivação do atropelamento não foi revelada. O corpo de Leandro foi periciado pela Politec em Água Boa e será velado em Campinápolis. A Polícia Civil está investigando o caso.

FONTE: Redação de Jornalismo da Eldorado FM

PUBLICIDADE