Polícia

Acusado de tentativa de homicídio por causa de cadeado de portão em Confresa é preso pela polícia do Tocantins

O crime do acusado teria sido motivado após um desentendimento por causa de um cadeado do portão de uma quitinete que havia sumido.

28/11/2023 18h55 | Atualizada em 04/12/2023 14h30

PUBLICIDADE

Já se encontra à disposição do poder judiciário do Estado de Mato Grosso, na carceragem da Unidade Prisional Regional de Palmas, José Carlos Miranda Sousa, 28 anos, acusado ser o autor de uma tentativa de homicídio registrada no município de Confresa, no Estado de Mato na noite de 13 de setembro de 2022.

De acordo com informações apuradas pela reportagem da Agência Tocantins, o crime teria sido motivado após um desentendimento por causa de um cadeado do portão de uma quitinete que havia sumido.

Segundo a Polícia Militar, a corporação recebeu a informação de que na noite deste domingo, José Carlos Miranda havia se envolvido em uma discussão em bar e no local ele havia efetuado vários disparos de arma de fogo, causando medo nos clientes que estavam no local. A corporação informou que uma equipe da Polícia Militar esteve no local, durante a noite, porém, não lograram êxito em localizar e prender o autor dos disparos. 

Já na manhã desta segunda, os militares da Força Tática realizavam patrulhamento tático especializado nas ruas e avenidas da área urbana do município quando avistaram o indivíduo em atitude suspeita, ao proceder com abordagem e durante pesquisa no Sistema da Justiça, foi encontrado um mandado de prisão preventiva em aberto em desfavor do mesmo pelo crime de tentativa de homicídio.

De posse da ordem judicial, foi dada voz de prisão ao foragido e em seguida foi conduzido para a 2ª Central de Atendimento da Polícia Civil em Taquaralto, onde foi dado cumprimento ao mandado de prisão pelo delegado de plantão.

Na noite de 13 de setembro do ano passado a vítima identificada como Antonio Cícero de Oliveira Silva, 25 na época, estava consumindo bebida alcoólica juntamente com outras pessoas em uma kit net, localizada no setor, Jardim Planalto quando José Carlos Miranda Sousa falou para as pessoas que estavam no local que ninguém iria sair antes do cadeado do portão aparecesse.

Pois segundo o autor, alguém havia pegado o cadeado e só permitiria que as pessoas deixassem o local após o cadeado ser devolvido para ele. Em ato contínuo a vítima que estava junto com uma amiga tentou ir embora, momentos que foi atacada pelo suspeito. Antonio Cícero de Oliveira Silva foi ferido com vários golpes de canivete, ele foi socorrido por amigos e levado para o hospital da cidade em estado grave.

Segundo o delegado regional da Polícia Civil de Confresa, Dr. Bruno Gomes, após cometer o crime, José Carlos Miranda Sousa deixou o local tomando rumo ignorado e desde então, ele estava foragido, porém, na manhã desta segunda-feira, 27, foi localizado e preso por uma equipe da Força Tática do 13º BPM em Aparecida do Rio Negro.

Ainda segundo a autoridade policial matogrossense, após tomar conhecimento da prisão de José Carlos, já deu início aos trâmites necessários para solicitar ao juiz da Comarca o recambiamento do Tocantins para o município de Confresa para que aqui ele possa responder pelo crime que cometeu.

 

FONTE: Eldorado FM com Agncia Tocantins

PUBLICIDADE