Polícia

Homem é detido pela PM em Vila Rica por falsa comunicação de roubo de veículo

Tudo começou no ultimo sábado à tarde, quando a Polícia Militar de Vila Rica foi acionada para averiguar  o suposto roubo de veículo

21/11/2023 13h10 | Atualizada em 25/11/2023 18h51

PUBLICIDADE

Um homem foi detido na cidade de Vila Rica por falsa comunicação de roubo de um veiculo. Tudo começou no ultimo sábado à tarde, quando a Polícia Militar de Vila Rica foi acionada para averiguar  o suposto roubo de veículo, onde o agora acusado G.P.D.S, 45 anos, afirmou ter sido abordado por cinco indivíduos armados e encapuzados. De acordo com o boletim de ocorrência, ele alegou ter sido coagido a deixar sua Pajero TR4 FL 2WD HP, prata, com placa OCA-7D84, após sair de casa.

De acordo com informações, durante as investigações, as autoridades notaram um comportamento suspeito de G.P.D.S, levando os policiais a questioná-lo. Surgiram divergências entre seu relato inicial e os novos depoimentos. Ao indagá-lo sobre sua residência, ele disse estar hospedado na Avenida Alvarenga Peixoto, a pedido do empregador, junto com T.B.M.D.J. No entanto, ao verificar o endereço, a polícia encontrou o morador indicado por G.P.D.S, que negou a versão apresentada.

A testemunha T.B.M.D.J esclareceu que G.P.D.S chegou à cidade em 17 de novembro de 2023 para trabalhar como operador de máquinas, contradizendo a história do suposto roubo e afirmando que o suspeito chegou de ônibus e não tinha veículo. Diante das contradições, os policiais foram até o empregador, que confirmou a versão de T.B.M.D.J e relatou ter contratado G.P.D.S, mas ele não compareceu ao trabalho, sendo dispensado.

Interrogado novamente, G.P.D.S confessou ter inventado a história do roubo, alegando influência de medicamentos controlados e consumo de álcool. Ele afirmou que o veículo estava em São Félix do Xingu/PA para manutenção e não o trouxe para Vila Rica. Pela denúncia falsa, G.P.D.S foi encaminhado à Delegacia de Polícia Judiciária Civil, enfrentando possíveis acusações por comunicação falsa de crime, acarretando penalidades legais devido à mobilização de forças de segurança e transtornos à comunidade local.

FONTE: Redação de Jornalismo da Eldorado FM

PUBLICIDADE