Meio Ambiente

Sema aplica mais de R$ 1,6 milhão em multas durante operação em municípios do Araguaia

A equipe fiscalizou 11 propriedades e aplicou multas de R$ 1,5 milhão por reincidência de desmatamento ilegal na região Araguaia

17/05/2023 08h52 | Atualizada em 19/05/2023 18h39

PUBLICIDADE

Uma operação conjunta entre a Secretaria de Estado de Meio Ambiente (Sema-MT) e a Polícia Militar de Mato Grosso resultou em uma série de apreensões e multas que totalizaram mais de R$ 1,6 milhão nos municípios de Canarana, a 838 km de Cuiabá, e Água Boa, a 736 km da capital, devido ao desmatamento. A Operação Amazônia foi conduzida pela regional de Confresa, a 1.160 km de Cuiabá.

Entre os dias 1º e 15 de maio, a equipe fiscalizou 11 propriedades e aplicou multas de R$ 1,5 milhão por reincidência de desmatamento ilegal na mesma área já autuada. Além disso, seis máquinas foram apreendidas, incluindo cinco tratores de pneu e um trator esteira, além de uma picape Strada, uma carretinha reboque, um motor gerador de energia e uma motosserra.

De acordo com a equipe responsável, a retirada dos equipamentos do local é essencial para impedir a continuidade dos danos ambientais, desestimular a reincidência e descapitalizar o infrator.A região de Confresa é responsável pela fiscalização e licenciamento de empreendimentos em 13 municípios do nordeste de Mato Grosso: Confresa, Alto Boa Vista, Bom Jesus do Araguaia, Canabrava do Norte, Luciara, Novo Santo Antônio, Porto Alegre do Norte, Santa Cruz do Xingú, Santa Terezinha, São Félix do Araguaia, São José do Xingú, Serra Nova Dourada e Vila Rica.

A Operação Amazônia continua em andamento com aproximadamente 200 servidores em campo e equipes de monitoramento remoto para garantir a responsabilização de infratores. Em caso de desmatamento ilegal, as áreas serão embargadas, multas aplicadas e os equipamentos apreendidos.

FONTE: Redao de Jornalismo da Eldorado FM

PUBLICIDADE