PUBLICIDADE
REPERCUSSÃO

Mendes compara ações do MPE com a da Polícia: “Atira primeiro e pergunta depois”

A assessoria de imprensa do MPE informou que não produzirá nenhuma nota sobre o assunto.

23/07/2020 10h46 | Atualizada em 30/11/-0001 00h00

Mendes compara ações do MPE com a da Polícia: “Atira primeiro e pergunta depois”

Ilustrativa

O governador Mauro Mendes (DEM) em entrevista na quarta-feira (22.07) afirmou não ter preocupações, nem receio se sofrerá ou não, ações do Ministério Público Estadual (MPE), por aquisições na saúde, durante elevação dos preços na pandemia do novo coronavírus (Covid-19).

“Eu particularmente não tenho essa preocupação, porque quando você tem a consciência que você está fazendo a coisa correta, em tese você não tem com que se preocupar. Agora, o Ministério Publico, ele tem que agir com seriedade”, disse Mendes durante entrevista à Rádio Capital FM.

Ao pedir seriedade do MPE, Mendes citou como exemplo, ações consideradas por ele como espetaculosas. E comparou ações do MP com ações policiais: “Se tem dúvida vai lá, pergunta ao gestor, pede esclarecimento antes de fazer aquelas coisas espetaculosas como algumas vezes eu já vi acontecendo por ai, como se fosse a polícia, atira primeiro e pergunta depois, não pode”, criticou o governador.

Ao exemplificar a dificuldade nas aquisições, Mendes citou a compra dos 400 mil testes rápidos adquiridos direto do fabricante na China, por R$18,00 cada, enquanto outros Estados compraram por preços abusivos.

“Se você olhar outros Estados e Prefeituras, que pagaram R$ 50,00, R$ 80, $120,00 e tem gente que pagou até $180,00. Será que eles fizeram alguma coisa errada? Ou porque naquele momento foi a única alternativa que ele encontrou? Para importar demora mais ou menos 30 dias, foi o que demorou para chegar o nosso, será que naquele momento o gestor tinha outra opção para comprar?” questionou.

Outro lado - Procurado pelo #vgnoticias, a assessoria de imprensa do MPE informou que não produzirá nenhuma nota sobre o assunto

FONTE: VG Notícias

Comente, sua opinião é Importante!

PUBLICIDADE