PUBLICIDADE
TCE DE OLHO

Aquisição de combustível pela Câmara de Canabrava do Norte teve irregularidades

Ex-presidente da Câmara e o presidente da Comissão de Licitação à época receberam multa individual de 18 UPFs.

20/12/2019 09h34 | Atualizada em 20/12/2019 09h38

Aquisição de combustível pela Câmara de Canabrava do Norte teve irregularidades

Reprodução

Julgada parcialmente procedente Representação de Natureza Externa (Processo nº 30.476-0/2017) proposta em desfavor da Câmara Municipal de Canabrava do Norte, em razão da ocorrência de irregularidades no processo de licitação que teve por objeto a aquisição de 2.000 litros de combustível. Em sessão ordinária no dia 11/12, a 1ª Câmara do Tribunal de Contas de Mato Grosso acompanhou voto do relator, conselheiro substituto Luiz Carlos Pereira, pelo provimento parcial da RNE, com aplicação de multa, determinações e recomendações à atual gestão.

O ex-presidente da Câmara, Silmar Metke, e o presidente da Comissão de Licitação à época, Marcos Antônio Rodrigues, receberam multa individual de 18 UPFs, sendo 6 UPFs em decorrência da ausência de pesquisa de preço, 6 UPFs em virtude da ausência de parecer jurídico acerca da minuta do edital e do contrato, e 6 UPFs diante da ausência de segregação de funções no procedimento licitatório.

Foi determinado à atual gestão para que, nos próximos certames realize adequadamente a pesquisa de preço no mercado, conforme artigo 43, inciso IV, da Lei n.º 8.666/1993; obedeça a disposição do artigo 38, parágrafo único, da Lei de Licitações, bem como a disposição equânime do Tribunal de Contas da União, no que se refere ao parecer jurídico acerca das minutas dos editais e dos contratos da licitação; e guarde estrita observância ao princípio da segregação de funções.

Foi recomendado à atual gestão da Câmara Municipal de Canabrava do Norte para que, nos próximos certames, estabeleça nos editais convocatórios acerca da necessidade de rubrica nos envelopes que contenham a documentação de habilitação e as propostas.

FONTE: Olhar Alerta

Comente, sua opinião é Importante!

PUBLICIDADE