PUBLICIDADE Supermercado Vendão
POLÍTICA

Deputados da base cobram solução para caos na saúde e se dizem envergonhados

Também se pronunciaram sobre o assunto os deputados de oposição presente, Janaína Riva (PMDB), Valdir Barranco (PT), Allan Kardec (PT) e Zeca Viana (PDT).

25/05/2017 09h16 | Atualizada em 30/11/-0001 00h00

Deputados da base cobram solução para caos na saúde e se dizem envergonhados

Reprodução

Os problemas da saúde pública em Mato Grosso levaram cinco deputados estaduais da base governista a usar a tribuna da Assembleia Legislativa para cobrar solução por parte da gestão Pedro Taques (PSDB). Os mais incisivos foram José Domingos Fragas (PSD) e Mauro Savi (PSB), ambos com base eleitoral em Sorriso, município cujo hospital regional sofre com falta de insumos básicos.

“Se não tomarem um providência, não contem comigo para mais nada. Não vou atrapalhar o governo, que passa por um momento complicado e terá votações importantes, mas não contem comigo. Estou proibido de entrar na minha cidade porque estou passando por incompetente e pelego”, desabafou José Domingos, após deputados da oposição terem trazido o assunto saúde pública a baila. Ele ainda completou que os parlamentares da base não podem permitir um genocídio por omissão.

Em seguida, Savi contou que não conseguiu sair da casa de sua mãe, no final de semana, para não ter de encarar os munícipes de Sorriso e ser cobrado sem conseguir dar uma resposta. O parlamentar conta nunca ter sentido tanta vergonha, nem mesmo quando foi acusado se cometer crimes, e que não acha justo ser obrigado a passar por isso.

“Nunca me senti tão humilhado. Esse secretário deve ter m... na cabeça e o rei na barriga. Não respeita o ser humano. Tentei falar com ele, na porta do Palácio Paiaguás, sobre a situação do hospital Regional, e ele me mandou falar com o secretário de Fazenda, alegando que não tem dinheiro. Nem quis me atender”, asseverou Savi.

Depois foi a vez de Wagner Ramos (PSD) reclamar da situação da saúde pública na região de Tangará da Serra e Adalto de Freitas (SD) de Barra do Garças. Todos salientaram fazer parte da base, mas que os problemas na saúde estadual são muitos e causa prejuízo muito grande a população.

O deputado Oscar Bezerra (PSB) também subiu a tribuna para prestar apoio e cobrar soluções. Ele ainda propôs que, na falta de ter o “poder da caneta”, os parlamentares podem travar a pauta para forçar o surgimento de uma solução. “A base não aguenta mais”, alertou.

Também se pronunciaram sobre o assunto os deputados de oposição presente, Janaína Riva (PMDB), Valdir Barranco (PT), Allan Kardec (PT) e Zeca Viana (PDT).

FONTE: Olhar Direto/Jardel P. Arruda

Comente, sua opinião é Importante!

PUBLICIDADE