PUBLICIDADE Supermercado Vendão
FLAGRANTE NO INTERIOR

PF prende prefeito em Mato Grosso por receber propina de empresária

Agnaldo chegou a ser afastado em fevereiro após revelar "mensalinho" aos vereadores.

29/04/2019 07h32 | Atualizada em 29/04/2019 07h36

PF prende prefeito em Mato Grosso por receber propina de empresária

Reprodução

O prefeito da cidade de Rondolândia (1070 quilômetros de Cuiabá), Agnaldo Rodrigues Carvalho (PP), foi preso em flagrante pela Polícia Federal na manhã de sábado ao receber supostamente propina de R$ 8 mil de uma empresária. Ele é acusado de praticar extorsão ao receber a vantagem indevida de 10% sobre contratos de empresas que prestam serviço ao município.

De acordo com informações de sites da cidade, o prefeito vinha exigindo que a dona da empresa Rondomaq lhe passasse valores indevidos por executar obras de cerca de R$ 4 milhões no município. Incomodada com a chantagem, a empresária acionou a PF, através do delegado Flori Júnior, que vinha fazendo o monitoramento do prefeito, inclusive com escutas telefônicas.

Para comprovar a propina, a empresária pediu aos agentes da PF a digitalização das notas repassadas a Agnaldo dentro da sede do paço municipal. No momento da prisão, o prefeito alegou que o dinheiro que estava em suas mãos seria o pagamento de um empréstimo que ele teria feito a empresária.

Agnaldo foi levado a sede da Polícia Federal na cidade de Ji-Paraná, já no estado de Rondônia. Ele tem uma trajetória política conturbada.

Em fevereiro deste ano, ele foi afastado do cargo após confessar pagar "mensalinho" aos vereadores da cidade. Ele conseguiu reassumir o mandato após uma decisão da desembargadora Helena Maria Bezerra Ramos também em fevereiro.

FONTE: FOLHAMAX

Comente, sua opinião é Importante!

PUBLICIDADE