PUBLICIDADE Supermercado Vendão
ASSEMBLEIA LEGISLATIVA

24 deputados assumem nesta sexta; conheça os nomes

Figuras conhecidas e outras estreantes na vida política protagonizarão a gestão que se estenderá pelos próximos 4 anos.

01/02/2019 11h03 | Atualizada em 30/11/-0001 00h00

24 deputados assumem nesta sexta; conheça os nomes

Reprodução

Nesta sexta-feira, 1º de fevereiro, 24 novos deputados estaduais assumem seus cargos na Assembleia Legislativa (ALMT) para a 19ª legislatura. Figuras conhecidas e outras estreantes na vida política protagonizarão a gestão que se estenderá pelos próximos 4 anos. O Gazeta Digital preparou uma lista com um pequeno perfil de todos os parlamentares. Confira:

Riva (PSDB)

Filha do ex-deputado José Riva, a empresária Janaína Riva foi a deputada mais bem votada no pleito eleitoral de 2018. Com isto, ela assume seu segundo mandato. Aos 30 anos, é a única mulher eleita para ocupar o cargo na Assembleia Legislativa.

Nininho (PSD)

Bortolini, 60, também assume seu segundo mandato nesta sexta-feira (1). Ele teve 37,5 mil votos. Natural do Paraná, mudou-se para Mato Grosso em 1958. O parlamentar esteve à frente da Prefeitura de Itiquira (357 km ao sul de Cuiabá) entre os anos de 1993 e 1996. Foi reeleito em 2001 e ficou no cargo até 2008.

Russi (PSD)

Max Russi assume seu segundo mandato na Assembleia. Aos 42 anos, o parlamentar, natural do Paraná, foi vereador por Jaciara em 2000 (144 km ao sul de Cuiabá). Depois de atuar como empresário, assumiu a prefeitura da cidade, em que ficou de 2004 até 2012.

Eduardo Botelho (DEM)

Natural de Nossa Senhora do Livramento, na baixada cuiabana, Eduardo Botelho, 59, foi presidente da Assembleia no biênio 2017-2018. Em 2014, foi eleito deputado pela primeira vez com 40,5 mil votos. Em 2018, reeleito com 33,7 mil.

Claudinei (PSL)

Com 29, 9 mil votos, Claudinei de Souza Lopes, o Delegado Claudinei, 48, estréia em seu primeiro mandato. Natural de Marinalva, no Paraná, ele compõe a sigla do presidente Jair Bolsonaro. O parlamentar já pensa em articular uma chapa coletiva junto com outros novatos para ganhar voz em meio aos nomes já conhecidos.

Maluf (PSDB)

Maluf entrou para a carreira política depois de trabalhar como médico nos prontos-socorros de Cuiabá e Várzea Grande. Foi eleito como vereador e, dois anos depois, se candidatou a deputado estadual. Foi eleito em 2010 e em 2018 assume seu quarto mandato.

Dal Bosco (DEM)

de Galvão, em Santa Catarina, o deputado Dilmar Dal Bosco veio para Sinop (500 km ao norte de Cuiabá) junto da família em 1976. Coordenou as campanhas de seu irmão, Dilceu Dal Bosco e de Nilson Leitão. Em 2010 se candidatou a deputado estadual e em 2018 assume seu terceiro mandato.

Rezende (PSC)

O engenheiro civil e advogado Sebastião Rezende é deputado desde 2002, quando assumiu seu primeiro mandato. Natural de Rondonópolis (212 km ao sul de Cuiabá), ele foi reeleito em 2006, 2010, 2014 e 2018.

Dalmolin (PSC)

Com 23,7 mil votos, o parlamentar do partido de Bolsonaro foi eleito em 2018 assume seu primeiro mandato nesta sexta-feira. O empresário é natural de Realeza, no Paraná, foi suplente na Câmara Federal e já foi vereador e vice-prefeito de Sorriso (420 km ao norte de Cuiabá).

Cabral (PT)

ao Partido dos Trabalhadores, Lúdio Cabral é natural de Rio Verde, em Goiás. Foi eleito vereador em 2004 e reeleito em 2008. Em 2010 se candidatou ao cargo de deputado estadual, mas naõ foi eleito. Ainda, concorreu à Prefeitura de Cuiabá em 2012, mas foi derrotado por Mauro Mendes (DEM).

Barranco (PT)

Valdir Barranco mudou-se para Nova Bandeirantes (1.026 km ao norte de Cuiabá) aos 8 anos. Ao longo de sua vida política, já foi secretário de educação e prefeito de sua cidade, entre os anos de 2001 a 2008. Em Cuiabá, foi eleito deputado estadual em 2014 e em 2018 assume seu segundo mandato.

Nascimento (DC)

Militar reformado natural de Tangará da Serra (239 km de Cuiabá), Elizeu Nascimento teve 21, 3 mil votos. Este é seu segundo mandato. Ele ingressou na Polícia Militar em 1998 e em 2016 foi eleito 3º sargento com 18 anos de serviço prestado.

Moretto (PRB)

48 anos, o paranaense Valmir Moretto assume seu primeiro mandato na Assembleia Legislativa. Contudo, ele tem em seu currículo a experiência por 8 anos como prefeito da cidade de Nova Lacerda (546 km a oeste de Cuiabá)

(PV)

do Rio Grande do Sul, o deputado Faissal Jorge Calil Filho veio para Cuiabá muito novo. Em sua carreira política, foi vereador entre os anos de 2013 e 2016. Em 2018, assume seu primeiro mandato como deputado estadual.

João (MDB)

de Portugal, o médico João José de Matos, o Dr. João, está em Mato Grosso há 33 anos. Ele foi o responsável pelo primeiro implante renal no estado. Foi eleito com 19,8 mil votos e em 2018 assume seu primeiro mandato como deputado estadual.

Silva (MDB)

Thiago Silva, natural de Rondonópolis (212 km ao sul de Cuiabá), assume nesta sexta-feira o seu primeiro mandato como deputado estadual. Aos 36 anos, foi eleito em 2018 com 19,3 mil votos.

Moraes (DC)

dos coordenadores do Movimento Brasil Livre (MBL) em Mato Grosso, o advogado Ulysses Moraes será o parlamentar mais jovem do legislativo mato-grossense. Aos 29 anos, foi eleito em 2018 com 18,7 mil votos.

Allan (PDT)

Professor Allan Kardec assume o seu segundo mandato na Assembleia Legislativa. Em 2018, teve 18, 6 mil votos nas urnas. Em 2012, foi eleito vereador em Cuiabá e em 2014 assumiu seu primeiro mandato como deputado estadual.

Santos (PSDB)

Wilson Santos está na carreira política desde 1988, quando foi eleito vereador de Cuiabá. Desde então, já foi deputado federal, prefeito de Cuiabá e, agora, assume seu quarto mandato na Assembleia.

Eugênio (PDB)

Mato Grosso desde 1998, o mineiro José Eugênio de Paiva, ou Dr. Eugênio, assume seu primeiro mandato como deputado estadual. Ele, contudo, começou na vida pública em 2013, quando foi eleito vereador de Água Boa (730 km a leste de Cuiabá).

Fávero (PSL)

Aos 52 anos, o advogado Silvio Fávero assume seu primeiro mandato como deputado estadual nesta sexta-feira. No pleito eleitoral de 2018, ele recebeu 12 mil votos. Fávero é ex-vice-prefeito de Lucas do Rio Verde (354 km ao norte de Cuiabá).

Dr. Gimenez (PV)

Luiz Amilton Gimenez, ou Dr. Gimenez foi eleito com 12 mil votos e faz sua estréia na política. Natural de José Bonifácio, em São Paulo, atualmente reside em São José dos Quatro Marcos (315 km a oeste de Cuiabá), onde atuou no Sistema Único de Saúde (SUS).

Araújo (PP)

do Partido Progressista (PP), Paulo Araújo assume seu primeiro mandato na Assembleia. Venceu o pleito eleitoral em 2018 com 11,6 mil votos. Ele já foi vereador na Câmara de Cuiabá.

Batista do Sindispen (PROS)

Servidor público João Batista faz sua estréia na vida política em seu primeiro mandato como deputado estadual. Natural de Pernambuco, veio para Cuiabá aos 14 anos e trabalhou em uma companhia de transporte até passar em um concurso em 2003 e assumir o cargo de agente penitenciário.

Comente, sua opinião é Importante!

PUBLICIDADE