PUBLICIDADE Supermercado Vendão
SEGURANÇA

Operação prende três pessoas e apreende armas e munições em Novo Santo Antônio

Três pessoas foram presas, dez armas de fogo e várias munições apreendias, na manhã desta sexta-feira (11.05), no município de Novo Santo Antonio .

14/05/2018 08h57 | Atualizada em 14/05/2018 09h06 292 acessos

 Operação prende três pessoas e apreende armas e munições em Novo Santo Antônio

PJC-MT

PUBLICIDADE Skynet

Três pessoas foram presas, dez armas de fogo e várias munições apreendias, na manhã desta sexta-feira (11.05), no município de Novo Santo Antonio (1.063 km a Nordeste), durante uma operação da Polícia Judiciária Civil visando o combate a criminalidade na região.

A ação para cumprimento de mandados de busca e apreensão, foi deflagrada pelos policiais civis da cidade, com apoio das Delegacia de Polícia de São Félix do Araguaia, Luciara, Alto Boa Vista, e do Grupo Armado de Resposta Rápida (Garra) deConfresa.

No primeiro alvo de ordem judicial, localizado na zona rural do município, os policiais civis apreenderam uma arma de fogo caibre 22 com cinco munições intactas. Um suspeito de 57 anos foi detido e conduzido pelo crime de posse irregular de arma de fogo de uso permitido.

No segundo endereço, próximo a região do Murerê, as equipes encontraram mais seis armas de fogo, sendo cinco espingardas e uma carabina, além de diversas munições e uma mochila com artefato para fabricação de munições, como cartuchos, pólvoras, chumbos e buchas. Na ocasião um indivíduo de 52 anos, foi preso em flagrante por posse irregular de arma de fogo de uso permitido.

Em outro ponto, na região conhecida como Grilo – P.A. Mata azul, mais um suspeito foi preso pelos crimes de posse irregular de arma de fogo, crime ambiental de desmatar, explorar economicamente ou degradar floresta em terras de domínio publico ou devolutas, e por redução a condição análoga a de escravo.

No local os policiais civis constaram a degradação ambiental, com o desmatamento de aproximadamente 250 hectares de mata fechada. Também foi encontrado um funcionário em condições análogo a trabalho escravo, morando debaixo de um barraco de lona, sem banheiro e dormindo em jiraus de madeira. Três armas de fogo, munições e um motor serra foram apreendidos.

FONTE: Assessoria | PJC-MT

PUBLICIDADE

Comente, sua opinião é Importante!

PUBLICIDADE