BR 158 BLOQUEADA

Em protesto por segurança, moradores bloqueiam BR 158 no Sul do Pará

O movimento não tem data para acabar e promete deixar transito livre apenas para casos emergenciais.

22/01/2018 09h56 | Atualizada em 30/11/-0001 00h00

Em protesto por segurança, moradores bloqueiam BR 158 no Sul do Pará

Reprodução

PUBLICIDADE

Manifestantes bloquearam na manhã desta segunda feira, dia 22, um trecho da BR 158 que liga o município de Santana do Araguaia ao restante do Sul do Pará e ao Tocantins, com o bloqueio da rodovia, o trafego entre os estados da tríplice fronteira do Pará, Mato Grosso e Tocantins, fica totalmente prejudicado.

O movimento tem como tema central a solução de problemas e busca por melhorias para a segurança pública local e regional, mas também cobra outros temas como o preço abusivo das contas de luz e a abertura da agencia do banco do Brasil.

Liderado por empresários, lideres comunitários, políticos locais e apoiado pela população de Santana do Araguaia, o movimento não tem data para acabar e promete deixar transito livre apenas para casos emergenciais como ambulâncias, carros funerários  e viaturas policiais, os demais devem ficar retidos.

Segundo as fontes do www.jornaldocarajas.com.br a ação pretende forçar as autoridades responsáveis a dar solução e sanar os problemas, pois chega de promessas e é preciso que os políticos respeitem a vida e a dor da população local, em especial as vitimas da falta de segurança pública.

A cidade de Santana do Araguaia tem enfrentado uma onda de violência extrema, assaltos de alta complexidade, roubos diários e principalmente falta de estrutura para as forças de segurança (Policias Militar e Civil) do município, para se ter uma ideia o Banco do Brasil, fechou a agencia e parou de funcionar na cidade alegando falta de segurança.

Localizada na parte mais extrema do Sul do Pará, a cidade tem enfrentando inúmeros problemas e poder público não tem atendido a demanda da população do munícipio, que hoje segundo o IBGE, chega a quase setenta mil habitantes, a onda de delitos é altíssima indo dos menores crimes até os poderosos assaltos a banco estilo novo cangaço. 

FONTE: AMZ Noticias com Evandro Carlos

PUBLICIDADE