Cidades

Governador vistoria áreas e decide em 10 dias qual cidade vai ser a sede do Hospital do Norte Araguaia

O gestor estadual inspecionou na última sexta-feira (14.05) várias áreas nas cidades de Confresa e Porto Alegre do Norte

15/05/2021 07h36 | Atualizada em 24/05/2021 12h17 1 comentario

O governador Mauro Mendes vai decidir, nos próximos dias, o local exato para a construção do Hospital Regional que atenderá a Região do Araguaia. O gestor estadual inspecionou na última sexta-feira (14.05) várias áreas nas cidades de Confresa e Porto Alegre do Norte,

"O Norte Araguaia terá um hospital regional, isso já está definido. Os recursos estão garantidos dentro do programa Mais MT e nos próximos dias faremos o anúncio da nova área, que será escolhida levando em conta o que for melhor para a população do Araguaia, que há muitos anos vive uma triste realidade de ter que deslocar mais de mil quilômetros para conseguir atendimento de média e alta complexidade", afirmou o governador.

Com as informações colhidas nos locais, a equipe técnica da Secretaria de Estado de Saúde (SES-MT) vai emitir um parecer sobre a área mais viável para a construção do hospital. O parecer vai apontar qual a área que melhor atende todos os requisitos necessários para a instalação de uma unidade de Saúde de alta qualidade para atender a população das dezenas de municípios da região do Araguaia.

Os recursos para as obras e investimentos em saúde estão garantidos pelo programa Mais MT, que prevê R$ 300 milhões para a construção de novos hospitais regionais. A obra seguirá o padrão de qualidade do Governo de Mato Grosso, para oferecer toda a estrutura necessária para o atendimento digno à população, bem como os equipamentos e qualidade de trabalho aos profissionais de Saúde.

Também participaram das inspeções o senador Carlos Fávaro; os deputados federais Carlos Bezerra, Juarez Costa e Neri Geller; o presidente da Assembleia Legislativa, Max Russi; os deputados estaduais Elizeu Nascimento, Romoaldo Jr., Wilson Santos e Dr. Eugênio; os prefeitos de Confresa, Dr. Ronio Condão, e de Porto Alegre do Norte, Daniel do Lago; os secretários de Estado, Gilberto Figueiredo (Saúde) e Rogério Gallo (Fazenda); o ex-deputado estadual Baiano Filho e outras lideranças locais.

O HOSPITAL - O hospital projetado pela Secretaria de Estado de Saúde (SES-MT) contará com 141 leitos de enfermaria e 40 UTIs, entre adultas, pediátricas, neonatal e unidade semi-intensiva neonatal, para atendimento na média e alta complexidade.

A unidade de Saúde também contará com 10 consultórios médicos, 2 consultórios para atendimento a gestantes, 6 salas de centro cirúrgico, além de espaços para banco de sangue, banco de leite materno e realização de exames, como tomografia e colonoscopia. A previsão é que após a licitação e a definição da empresa que irá tocar a obra, o hospital seja entregue em até 24 meses.

FONTE: Radio Eldorado FM 87.9 com Assessoria

PUBLICIDADE