PUBLICIDADE
Politica

Com 20 votos a favor e 01 contra, Max Russi é eleito presidente da Assembleia de Mato Grosso

A chapa vencedora encabeçada pelo deputado Max Russi (PSB) foi a única a se inscrever para o pleito realizado após decisão do STF

24/02/2021 07h44 | Atualizada em 25/02/2021 14h30

Por 20 votos e 01 contra, o deputado Max Russi (PSB) foi eleito o novo presidente da Assembleia Legislativa de Mato Grosso. O pleito foi realizado após decisão do ministro do Supremo Tribunal Federal Alexandre de Moraes, que cancelou a disputa anterior e determinou a saída de Eduardo Botelho (DEM) da presidência.

A apuração dos votos mostrou que 14 deputados votaram a favor da nova chapa, um único parlamentar se mostrou contrário à gestão proposta e dois se manifestaram em branco. A eleição que definiu a nova Mesa Diretora da Assembleia Legislativa de Mato Grosso (ALMT) teve início às 19 horas desta terça-feira (23). A votação foi realizada de forma presencial na Casa de Leis e pode ser acompanhada ao vivo por meio do portal do parlamento.

A chapa vencedora foi encabeçada pelo deputado Max Russi (PSB) e foi a única a se inscrever para o pleito. O grupo é composto pelos deputados Dilmar Dal Bosco (DEM) na 1ª vice-presidência, Wilson Santos (PSDB) na 2ª vice-presidência, Eduardo Botelho (DEM) na 1ª secretaria, Janaina Riva (MDB) na 2ª secretaria, Delegado Claudinei (PSL) na 3ª secretaria e Allan Kardec (PDT) na 4ª secretaria.

A nova eleição da Mesa Diretora foi realizada após decisão do ministro do Supremo Tribunal Federal Alexandre de Moraes que cancelou o último pleito por conta da recondução sucessiva de deputados para a chefia da Casa de Leis. A determinação foi proferida após pedido protocolado pelo partido Rede Sustentabildiade, que demandou a suspensão da Mesa Diretora até então chefiada por Botelho - que já estava no terceiro mandato consecutivo na presidência.

FONTE: Radio Eldorado FM 87.9 com Gazeta Digital

Comente, sua opinião é Importante!

PUBLICIDADE