PUBLICIDADE
Curiosidades

Empresa que comprou área da Portal da Amazônia emite nota sobre o caso e cobra direitos

De acordo com a nota distribuída a imprensa e a população de um modo geral, a Agropecuária Lago Grande S.A destaca pontos, onde informa o histórico da aquisição do citado imóvel

16/12/2020 08h50 | Atualizada em 21/12/2020 13h08

Diante da repercussão causada pela questão envolvendo a desocupação da região da Portal da Amazônia, a empresa Agropecuária Lago Grande S.A. que arrematou a citada área em um leilão emitiu nesta terça feira, dia 15 de dezembro de 2020, uma nota sobre o caso.

Na nota, a empresa diz que vem a público informar que adquiriu a Fazenda Portal da Amazônia, da massa falida do Frigorífico Kaiowa S.A., em leilão judicial realizado na cidade de São Paulo, no dia 14 de junho de 2018.

De acordo com a nota distribuída a imprensa e a população de um modo geral, a Agropecuária Lago Grande S.A destaca pontos, onde informa o histórico da aquisição do citado imóvel e também expõe seus argumentos para que possa ter a imissão de posse da área garantida conforme decisão judicial -  VEJA A NOTA NA INTEGRA.

FONTE: Equipe de Jornalismo da Radio Eldorado FM 87, 9

Comente, sua opinião é Importante!

PUBLICIDADE