PUBLICIDADE
PREVENÇÃO

Polícia vai fiscalizar margens do Rio Araguaia para impedir acampamentos e aglomerações, em Goiás

Medida é para tentar combater a propagação do novo coronavírus.

19/05/2020 10h12 | Atualizada em 30/11/-0001 00h00

Polícia vai fiscalizar margens do Rio Araguaia para impedir acampamentos e aglomerações, em Goiás

Ilustrativa

Mesmo com o decreto estadual proibindo aglomerações devido à pandemia de coronavírus, a Polícia Militar está recebendo um grande número de denúncias de acampamentos em rios, lagos e ribeirões no estado. Com o objetivo de inibir este tipo de ação, o Batalhão Ambiental vai iniciar uma operação às margens do Rio Araguaia ainda essa semana para evitar aglomerações.

"Nós já temos notícias que tem pessoas aglomerando no Araguaia e nós estamos reforçando nossa equipe lá a partir dessa semana e não serão permitidos acampamentos e aglomerações de pessoas", disse o tenente-coronel Edson Cândido Ribeiro, comandante do Batalhão Ambiental.

Ele reforça que esse período é de isolamento social e que as pessoas devem evitar sair de casa.

Durante o final de semana, a polícia deflagrou a operação 'Boca do Túnel', que aconteceu no Lago Corumbá IV, após denúncias de aglomerações no local. O nome é devido às invasões estarem embaixo das barragens e túneis da região.

Ainda segundo o comandante do batalhão, além dos acampamentos, a polícia também encontrou um bar que funcionava sem licença em uma área de preservação permanente. "Lá tem diversos crimes ambientais. Construções de restaurantes e bares. Tinha um restaurante que ele estava há dois, três metros do barranco do rio", relatou o tenente-coronel.

A operação apreendeu ainda 14 armas em toda a região. Dois homens foram presos suspeitos de porte ilegal de arma de fogo e encaminhados para a Delegacia de Luziânia, no entorno do Distrito Federal.

FONTE: G1

Comente, sua opinião é Importante!

PUBLICIDADE