PUBLICIDADE
POLÍCIA

Membros de facção criminosa são presos com 21 quilos de maconha em Confresa

O trabalho resultou na prisão em flagrante de três pessoas pelos crimes de tráfico de drogas e associação para o tráfico.

23/03/2020 11h43 | Atualizada em 30/11/-0001 00h00

Membros de facção criminosa são presos com 21 quilos de maconha em Confresa

Reprodução

Mais de 20 quilos de maconha pertencentes a uma facção criminosa foram apreendidos pela Polícia Judiciária Civil,  no domingo (22.03), em ação realizada em Confresa (1.160 km a Nordeste de Cuiabá). O trabalho resultou na prisão em flagrante de três pessoas pelos crimes de tráfico de drogas e associação para o tráfico e também na apreensão de dois veículos utilizados pelos suspeitos, .

Durante investigações sobre o tráfico de droge as no município, os policiais da Confresa receberam informações de que o membro da facção criminosa atuante com o comércio ilícito na cidade estava aguardando a chegada de uma carga com grande quantidade de entorpecentes.

Com base nas informações, os investigadores passaram a monitarar o suspeito, em um posto de combustíveis, na BR-158, na entrada da cidade. Durante a vigilância, os policias flagraram o momento em que o suspeito (em um Honda Civic) se aproximou de outro veículo (um Chevrolet Prisma) com placas de Rondonópolis.

Foi realizado o monitoramento dos veículos que deslocaram para área rural da cidade e até as  proximidades do aterro sanitário, em uma região de mata, onde pararam. No momento em que descarregavam uma caixa do porta-malas do Chevrolet Prisma, um dos investigados percebeu a ação da Polícia e empreendeu fuga.

Na sequência, os outros dois suspeitos jogaram o material que estava no porta-malas na beira da estrada e também tentaram fugir, porém em continuidade as diligências, os dois veículos foram abordados e os três suspeitos foram detidos.  Na caixa deixada na beira da estrada, foram encontrados 30 tabletes de maconha, pesando aproximadamente 21 quilos de droga.

Em buscas no veículo Prisma, também foram apreendidos R$ 398 em dinheiro, aparelhos celulares e documentos pessoais dos criminosos.

Questionados, dois dos suspeitos confessaram que trouxeram o entorpecente de Rondonópolis para entregar para o traficante de Confresa e que a droga pertenceria ao líder do grupo criminoso, que está detido na Penitenciária Major Eldo Sá Corrêa (Mata Grande).

Diante da situação, os três suspeitos foram conduzidos a Delegacia de Confresa, onde após interrogados foi lavrado o flagrante pelos crimes de tráfico de drogas e associação para o tráfico.

FONTE: Assessoria | PJC-MT

Comente, sua opinião é Importante!

PUBLICIDADE