PUBLICIDADE
CONFRESA

Polícia Civil esclarece morte e indicia autora por homicídio qualificado

No dia 30 de outubro, a equipe da delegacia foi à residência da suspeita e a conduziu para prestar esclarecimentos a respeito do crime.

05/11/2019 10h24 | Atualizada em 30/11/-0001 00h00

 Polícia Civil esclarece morte e indicia autora por homicídio qualificado

Reprodução

A Polícia Judiciária Civil, por meio da Delegacia Municipal de Confresa, esclareceu um homicídio ocorrido na madrugada do dia 26 de outubro, que vitimou uma mulher de 22 anos, T. B. O., anos, morta com um golpe de arma branca na região do tórax.

Durante diligências, os policiais identificaram que J. M. R., 18 anos, tinha ligação com o crime. No dia 30 de outubro, a equipe da delegacia foi à residência da suspeita e a conduziu para prestar esclarecimentos a respeito do crime.

Em interrogatório ao delegado, a mulher confessou o crime e alegou legítima defesa. Ela informou que teve um desentendimento com a vítima no interior de uma casa noturna, localizada na Avenida Industrial, prosseguindo até a Avenida Brasil em frente a uma igreja evangélica, onde ocorreu o crime.

Segundo a acusada, a vítima, junto com um grupo de amigas, havia jogado um tipo de ácido líquido em seus braços enquanto ainda estavam na casa noturna, já no momento em que estavam indo embora pra casa. Depois, o grupo tentou novamente agredir a acusada, desta vez com uma garrafa de vidro. J. M. R., em posse de uma faca, acabou golpeando a vítima e feriu também uma das amigas da moça.

Durante as investigações, a polícia identificou testemunhas que presenciaram crime, que foram ouvidas na Delegacia de Polícia e confirmaram a versão da acusada.

J. M. R, foi indiciada pelos crimes de homicídio qualificado e lesão corporal.

FONTE: Assessoria/PJC-MT

Comente, sua opinião é Importante!

PUBLICIDADE