PUBLICIDADE Supermercado Vendão
OPERAÇÃO HIRCUS

PRF realiza na região do Araguaia em MT operação de combate a roubo de veículos

Ação aconteceu em 12 municípios e envolveu 70 policiais distribuídos em 25 viaturas e um helicóptero.

03/10/2019 09h25 | Atualizada em 30/11/-0001 00h00

PRF realiza na região do Araguaia em MT operação de combate a roubo de veículos

Reprodução

A Operação Hircus da Polícia Rodoviária Federal (PRF), com foco no enfrentamento a fraudes veiculares, foi realizada pela primeira vez além do Nordeste brasileiro. A quinta edição, de 19 a 29 de setembro, aconteceu também no Centro-Oeste – em Mato Grosso.

Os policiais recuperaram 20 veículos com registro de roubo ou furto, que estavam com os sinais identificadores adulterados. Foram presas 24 pessoas, apreendidas 03 armas, 401 munições e até animais silvestres vivos e abatidos, como Tartarugas da Amazônia.

Entre os veículos recuperados, havia uma caminhonete com registro de roubo há 17 anos em Recife/PE. Muitos eram do estado de Goiás e rodavam em Mato Grosso com adulterações para encobrir o crime.

A operação contou com 70 policiais de diversas regiões do País, distribuídos em 25 viaturas e um helicóptero da Divisão de Operações Aérea (DOA) da PRF. A ação foi integrada com as polícias Civil e Militar e com o Grupo de Atuação Especial contra o Crime Organizado (Gaeco) do Ministério Público Estadual de Barra do Garças.

As atividades aconteceram na região chamada de Alto Araguaia, que fica na divisa com Goiás, nos municípios de Barra do Garças, General Carneiro, Paredão Grande, Torixoréu, Campinápolis, Novo São Joaquim, Nova Xavantina, Água Boa, Nova Nazaré, Cocalinho, Canarana e Ribeirão Cascalheira. Os agentes percorreram rodovias e estradas, atravessaram rios em balsas e atuaram também dentro das cidades.

Além de Mato Grosso, a quinta edição da Operação Hircus aconteceu em Piauí e Paraíba. O nome Hircus refere-se a uma variedade de caprinos presente no nordeste brasileiro (Capra aegagrus hircus – em latim). Na linguagem policial, “cabrito” designa um veículo que é adulterado para esconder sua procedência ilícita, geralmente produto de roubo ou furto.

FONTE: Neocleciana Gonçalves – NUCOM PRF MT

Comente, sua opinião é Importante!

PUBLICIDADE