PUBLICIDADE Supermercado Vendão
NA CADEIA

Polícia Civil prende último integrante de quadrilha que invadiu fazenda em Confresa

Outros três integrantes da quadrilha foram identificados e presos em ações anteriores.

13/06/2017 07h06 | Atualizada em 14/06/2017 08h24 732 acessos

Polícia Civil prende último integrante de quadrilha que invadiu fazenda em Confresa

Reprodução

PUBLICIDADE Skynet

O quarto e último integrante da quadrilha acusada de invadir uma fazenda na região rural de Confresa (1.160 km a Nordeste) teve o mandado de prisão cumprido pela Polícia Judiciária Civil, na tarde de segunda-feira (12.06). O suspeito, V.A.B., 46, teve a ordem de prisão preventiva decretada pela comarca de Porto Alegre do Norte. Outros três integrantes da quadrilha foram identificados e presos em ações anteriores.

A propriedade rural foi invadida no dia 10 de março de 2017, quando o grupo criminoso fez o caseiro da fazenda refém. Assim que foram acionadas, equipes policiais se deslocaram até o local, onde foram recebidos a tiros pelos membros da quadrilha. Na ação, os policiais conseguiram resgatar o caseiro e ninguém saiu ferido.

Diante da situação, os policiais civis da Delegacia de Confresa iniciaram as investigações, conseguindo identificar os líderes da invasão. Com base nas informações levantadas, o delegado André Rigonato representou pela prisão preventiva dos suspeitos, acatada e expedida pela comarca de Porto Alegre do Norte.

O acusado foi localizado pela equipe de investigadores da Delegacia de Confresa, nesta segunda-feira (12), tendo o mandado de prisão cumprido. Após o término dos procedimentos, o suspeito será encaminhado para a Cadeia Pública de Porto Alegre do Norte, onde permanecerá a disposição da Justiça.

Outros integrantes presos 

Os suspeitos, Materson Pereira Corrêa, 38, conhecido como “Neném”, e Fábio Ribeiro da Silva, 34, conhecido como “Zóinho”, tiveram mandados de prisão preventiva, cumpridos no dia 5 de abril em Confresa. O terceiro identificado, Jesus Landerson Ferreira Moreira, 30, conhecido por “Kila”, foi preso no dia 16 de maio, em ação de policiais civis de Confresa e Porto Alegre do Norte.

FONTE: PJC-MT

Comente, sua opinião é Importante!

PUBLICIDADE