PUBLICIDADE Supermercado Vendão
CAOS NA SEGURANÇA

Sem viatura, polícia não atende ocorrência e população amarra assaltante em Santa Terezinha

Como a Polícia Civil local está sem viatura, a população amarrou o ladrão em uma cadeira, para esperar que providências fossem tomadas.

10/04/2019 13h19 | Atualizada em 10/04/2019 13h44

Sem viatura, polícia não atende ocorrência e população amarra assaltante em Santa Terezinha

Reprodução

PUBLICIDADE Skynet

Moradores do município de Santa Terezinha (a 1.326 km de Cuiabá) tiveram que fazer o papel de polícia por falta de viatura. Na noite desta terça (9), por volta das 20 horas, prenderam Juliano de Lima, 35 anos, acusado de roubar e futar nas proximidades de um assentamento, chamado Porto Velho, na zona rural do município. Como a Polícia Civil local está sem viatura, a população amarrou o ladrão em uma cadeira, para esperar que providências fossem tomadas. E ele ficou nesta situação, amarrado, durante horas, no meio da rua do assentamento.

Segundo informações, este ladrão vem agindo na região e que já chegaram várias denúncia à delegacia reclamando dele. Nesta terça, ele teria furtado duas casas. Saiu de uma comunidade e foi à outra para furtar. A polícia foi novamente acionada. Mas não tinha carro para ir prendê-lo. Irritados, moradores imobilizaram Juliano, que reagiu com uma faca. Nesse momento, ele foi amarrado.

A informação é a de que o bandido é de Confresa, mas migrou para Santa Terezinha.

Diante disso, representantes do Conselho de Segurança entraram em contato com o prefeito , Euclesio José Ferretto (PTB), que disponibilizou um carro municipal para levá-lo à delegacia, onde foi solto por falta de provas. Não estava com nenhum objeto roubado ou furtado.

O deputado petista Valdir Barranco ficou sabendo da situação e repercutiu nas redes sociais. "Em Santa Terezinha, o retrato do descaso com a segurança pública e com os direitos humanos. Este homem ficou horas amarrado a uma cadeira no meio da rua, porque a polícia não tinha viatura para conduzi-lo à delegacia" - postou. Na sessão desta quarta, ele levaria o caso à tribuna.

Sesp emite nota informando que cidade será contemplada com viatura, mas ainda sem data certa

Veja íntegra da nota

"Os veículos para interior serão repostos dentro do próximo lote de 200 viaturas que a secretaria irá receber. A secretaria está equacionando os pagamentos em atraso para receber as novas viaturas e entregá-las em todo o interior."

FONTE: Keka Werneck e Allan Pereira

Comente, sua opinião é Importante!

PUBLICIDADE