A CASA CAIU

PM prende mulher suspeita de tráfico de drogas em Vila Rica

A suspeita demonstrou resistência excessiva e em diversos momentos tentou morder os policiais.

Eldorado.fm

Redação

11/03/2017 09h27 | Atualizada em 30/11/-0001 00h00

PM prende mulher suspeita de tráfico de drogas em Vila Rica

Gcom-MT

A Polícia Militar vem fechando o cerco contra o tráfico de drogas em Vila Rica, na noite de sexta-feira (10), realizou a prisão de mais uma pessoa suspeita de comercializar entorpecentes no município.

Após receber denúncia anônima de que a suspeita E. P. J., estaria realizando o comércio de drogas em frente sua residência no Bairro Vila Nova, uma guarnição do 23º Batalhão da Polícia Militar de Vila Rica se deslocou até o local da denuncia, ao avistar a viatura policial a suspeita demonstrou nervosismo e correu em direção a sua casa.

De acordo com a PM a guarnição verbalizou para que a suspeita parasse, momento em que ela atirou uma garrafa de bebida em um dos policiais, sendo realizado um disparo de munição menos que letal de elastômero e mesmo assim a suspeita continuou correndo sendo acompanhada pela guarnição.

Durante a fuga E. P. J. retirou uma caixa de cigarros do bolso a lançou próximo a uma lixeira, em seguida os policiais conseguiram alcançar a suspeita e utilizando-se de técnicas de controle de contato iniciaram o procedimento para algema-la. A suspeita demonstrou resistência excessiva e em diversos momentos tentou morder os policiais.

Após a imobilização da mulher, a guarnição se deslocou até a lixeira onde a suspeita havia dispensado uma caixa de cigarros, logrando êxito em localizar o material e ao ser verificado o conteúdo do interior da caixa foi localizado um invólucro contendo 10 pedaços pequenos de substância análoga a crack, totalizando 4,9 gramas.

A guarnição do serviço ordinário com o apoio da equipe da Força Tática adentrou à residência da suspeita na presença da proprietária, sendo localizado dentro de um pote de arroz um pedaço de aproximadamente 10.8 gramas de substância análoga a crack em um invólucro. Ainda de acordo com a PM, os policiais aguardaram do lado de fora da residência até que o advogado da suspeita chegasse para acompanhar a busca domiciliar.

Além das 15.7 gramas de substancia análoga a crack a polícia apreendeu também 29 pen drives, 1 cartao de memória, e 2 celulares marca Samsung. E. P. J., e o material apreendido foram encaminhados para  a Delegacia de Polícia para as medidas cabíveis.

PUBLICIDADE