PUBLICIDADE Supermercado Vendão
MEIO AMBIENTE

Pastores são autuados pelo Ibama com pescado e 9 tartarugas no Rio das Mortes

Eles foram flagrados durante uma operação realizada pela Unidade Regional do Ibama de Barra do Garças com tartarugas e pescado irregular.

11/06/2018 07h50 | Atualizada em 11/06/2018 07h52 259 acessos

Pastores são autuados pelo Ibama com pescado e 9 tartarugas no Rio das Mortes

Reprodução

PUBLICIDADE Skynet

Dois pastores que não tiveram os nomes divulgados foram autuados pela caça e pesca ilegal no Rio das Mortes, em Novo Santo Antônio (1.080 km de Cuiabá). Eles foram flagrados durante uma operação realizada pela Unidade Regional do Ibama de Barra do Garças com tartarugas e pescado irregular.

A operação Rio das Mortes I foi deflagrada na quinta (7) em comemoração a Semana do Meio Ambiente, com a abordagem de veículos nas estradas vicinais e embarcações nos rios e lagos da região. Em uma das abordagens, os fiscais do Ibama autuaram dois pastores no Parque Estadual do Araguaia com uma tartaruga e 50 kg de peixes de diversas espécies fora da medida.

Ainda durante a operação, os fiscais do órgão, com o apoio da Prefeitura de Novo Santo Antônio, apreenderam nove tartarugas, 57 kg de pescado, apetrechos de pesca, três barcos e três motores de popa.

"A multa por tartaruga apreendida é de R$ 5 mil e pela prática de pesca em áreas proibidas pode chegar a R$ 100 mil e mais R$ 20 reais por kg de pescado apreendido", informou o coordenador e diretor da unidade técnica do Ibama em Barra do Garças, Leandro Nogueira da Silva.

Além das autuações e apreensões, o Ibama emitiu um alerta aos pescadores que qualquer atividade de turismo ou aluguel de ranchos de pesca no Parque Estadual do Araguaia, sem autorização prévia da secretaria estadual do Meio Ambiente, serão tratados como crime ambiental com autuação de quem pratica a pesca ou quem a permitiu.

FONTE: Francis Amorim, RDNews

PUBLICIDADE

Comente, sua opinião é Importante!

PUBLICIDADE