PUBLICIDADE Supermercado Vendão
TERROR

Homens armados explodem bancos e fazem reféns em Santana do Araguaia

Muitos tiros foram disparados causando pânico na população.

Eldorado.fm

Redação

02/12/2017 11h13 | Atualizada em 02/12/2017 12h30 3.819 acessos 5 comentarios

Homens armados explodem bancos e fazem reféns em Santana do Araguaia

Reprodução

PUBLICIDADE Skynet

Um grupo de homens fortemente armados explodiu as agências do Banco Bradesco e Banpará em Santana do Araguaia (149 km de Vila Rica), no sudeste do Pará, na noite de sexta-feira (1º). Os bandidos chegaram por volta das 22h20min e renderam pessoas que estavam em bares e lanchonetes nas proximidades das agências bancarias fazendo-as como reféns. Muitos tiros foram disparados causando pânico na população.

Segundo informações aproximadamente 10 criminosos usaram dinamites para explodirem os terminais bancários. Capsulas de fuzis calibres 556 e 762, espingardas calibre 12 e pistolas calibre .40, foram encontradas no local do assalto. A ação aterrorizante durou cerca de uma hora e os bandidos fugiram levando dinheiro e reféns na estrada sentido a localidade conhecida como Pau Brasil e que também dá acesso aos estados do Mato Grosso e Tocantins.

Um veículo foi incendiado em cima de uma ponte, próximo à comunidade, para dificultar o trabalho da polícia que estava em perseguição aos assaltantes. Os reféns foram liberados na estrada e o grupo seguiu fuga.

De acordo com informações apuradas pela reportagem do site www.eldorado.fm, a ação dos criminosos foi frustrada pelo fato dos bandidos tentarem, mas não conseguirem explodir os cofres das agências. Eles levaram a penas o dinheiro de caixas eletrônicos que foram explodidos e consequentemente destruindo parte da estrutura física das agencias bancárias. O valor roubado pelos bandidos não foi revelado.

Policiais Militares de cidades vizinhas foram acionados para reforçar as buscas pelos bandidos. Equipes do Comando de Operações Especiais (COE) e do Grupamento Aéreo (Graer) estão a caminho de Santana do Araguaia para reforças as buscas.

PRESOS COM DINAMITES

No dia 23 de novembro deste ano, Policiais Militares da 30ª Companhia Independente de Polícia Militar de Santana do Araguaia, Região Sul do Pará, prenderam 7 pessoas, entre elas um menor, suspeitas de integrarem uma organização criminosa especializada em explosão de bancos e caixas  eletrônicos nos estados do Pará, Mato Grosso e Tocantins.

As prisões aconteceram na Comunidade “Pau Brasil”, nas proximidades da Fazenda Alacrita, cerca de 25 quilômetros do perímetro urbano de Santana do Araguaia. Com os suspeitos a Polícia Militar encontrou 2 espingardas, varias munições de diversos calibres, aproximadamente 12kg de "bananas de dinamite", um rolo de cordel, 50 detonadores de explosivos, aproximadamente 580 gramas de entorpecentes, 2 motocicletas e alguns objetos possivelmente oriundos de roubos cometidos na região.

>>Leia também:

PM prende 7 e desarticula quadrilha suspeita de ataques a bancos e furtos de residências no Sul do Pará

5 COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

  1. Os polícia milita de Santana fica só na Br pedindo o dinheiro da coca e eles tem a cara dura de dizer que e pra coca mesmo e a coca e cara

  2. Olha os DIREITOS HUMANOS falando no comentário anterior kkkkk.. Quem é preso com DROGA, ARMA DE FOGO, VEÍCULO ROUBADO E DINAMITES, não é outra coisa a não ser bandido, repito BANDIDO!. Precisa de mais oque pra diferenciar um agente do mal de uma pessoa de bem? Me poupe senhor Célio, não lhe conheço mas no mínimo deve der um representante dos Direitos Humanos ou algo do tipo. Se a polícia ao seu ver não esta fazendo o papel dela como deveria, denuncie e dê publicidade, afinal a população precisa saber quem é o errado da história.

  3. Enquanto as autoridades policiais não parecem de quererem se aparecer, essa criminalidade irá continuar. É papel da mídia divulgar, mas ao que vejo ultimamente é uma polícia que não investiga e quando se prende alguém suspeito, seu primeiro ato é atribuir logo a culpa a ele e antes mesmo de comunicar o flagrante, enviam pra publicação como forma de justificarem seu trabalho e não sua missão. Juízes, promotores e advogados não enviam pra publicação a sentença de um condenado, a manifestação de um promotor que pediu a condenação e, muito menos o advogado fica vangloriando a absolvição de um preso. E olhe que quem o absolveu não fora o advogado, mas sim uma investigação que na verdade não investigou. Daí a falácia, a polícia prende e o juiz solta. É sabido a "ajuda" solicitado pelos Policiais militares de Santa do Araguaia. Será que os assaltantes não deram essa ajudinha antes do assalto? Ora, investiguem e deixem para o promotor de justiça atribuir a culpa. Vejam bem, pessoas foram presas suspeitas de serem assaltantes de bancos, será que realmente são ou será que os verdadeiros assaltantes não aproveitaram da prisão destes supostos assaltantes? Pra sociedade, com a prisão daquelas pessoas, perigo não mais havia. Tolice..... Não quero nessa manifestação generalizar os policiais, mas aqueles que acham que estão desenvolvendo seu mister e não estão, pois estão mais preocupados em enviar matérias para publicação.

  4. Eu passei em Santana 23:55horas em Santana á viatura da Polícia correram atrás do meu carro efetuando disparo. Agora quero ver se correm atrás desses aí bandidos Pessoas q vivem de trabalho como eu eles vivem dando blitis na BR 158. E nestas horas que eles tem q exercer a função de policiais dentro de Santana. E não exercendo função de polícia federal dando blitis em BR

  5. continue com as boas noticias que estão enviando

Comente, sua opinião é Importante!

PUBLICIDADE