PUBLICIDADE
REGIÃO ARAGUAIA

PJC prende 13 membros de facção envolvidos em roubo a casa de policial em MT

Durante as diligências da força tarefa, dois suspeitos de participação no crime morreram.

15/09/2020 13h30 | Atualizada em 30/11/-0001 00h00

PJC prende 13 membros de facção envolvidos em roubo a casa de policial em MT

Ilustrativa

Uma força tarefa deflagrada pela Polícia Judiciária Civil (PJC) neste fim de semana resultou na prisão de treze pessoas, no município de Água Boa (700 km de Cuiabá-MT). Os suspeitos, que seriam integrantes de uma facção criminosa atuante em Mato Grosso, teriam envolvimento no roubo a casa de uma agente da PJC, ocorrido na última quinta-feira (10).

Na ocasião, a oficial e o seu esposo foram feitos reféns após terem a residência invadida por um grupo de criminosos.

As diligências da Operação Vespeiro contaram com apoio da Gerência de Operações Especiais (GOE) de Cuiabá, que passou a atuar nos trabalhos e investigações no Médio Araguaia e reprimir a ação da criminalidade organizada.

Segundo o delegado titular da Delegacia de Água Boa, Gutemberg de Lucena, foi identificada a atuação do grupo criminoso em outras cidades da regional e recentemente houve um confronto em Ribeirão Cascalheira, ocasião em que um integrante da facção foi morto durante troca de tiros.

Após o fato, a equipe da Polícia Civil iniciou as diligências realizando a condução de várias pessoas suspeitas de participação na organização criminosa e de envolvimento em diversos crimes como roubos, furtos e tráfico de drogas. Entre os investigados esta um empresário da cidade que daria cobertura aos criminosos dando apoio logístico as suas ações.

“No sábado, as forças policiais intensificaram as diligências em várias cidades da região, até localizar parte dos suspeitos em Barra do Garças”, disse o delegado.

Durante as diligências as equipes da GOE, Delegacia de Água Boa e apoio de equipes de Barra do Garças, os suspeitos foram localizados. Houve troca de tiros, sendo dois dos criminosos atingidos, um deles não resistiu aos ferimentos e morreu no local, o outro foi socorrido e hospitalizado.

Treze pessoas ligadas à organização foram presas, além de serem recuperados vários objetos subtraídos, apreendidas armas de fogo, munições e drogas. As equipes continuam as diligências para identificar outros envolvidos.

Gutemberg de Lucena agradeceu o empenho da equipe do Delegacia e do Núcleo de Inteligência na repressão ao crime organizado, ressaltando o apoio do delegado Valmon Pereira e das Diretorias do Interior e de Atividades Especiais nas ações desenvolvidas, além das Delegacias de Barra do Garças e Confresa pelo apoio no trabalho para atingr toda a faixa da região Araguaia.  

FONTE: CIRCUITO MT

Comente, sua opinião é Importante!

PUBLICIDADE