PUBLICIDADE
ESTÂNCIA BAHIA

Leilão virtual deve movimentar a economia do norte do Xingu e Araguaia

O evento vai ofertar três mil cabeças de gado, 100% pesados para cria, recria e engorda.

09/06/2020 09h00 | Atualizada em 09/06/2020 18h11

Leilão virtual deve movimentar a economia do norte do Xingu e Araguaia

Ilustrativa

A transformação digital já é uma realidade em vários campos do setor privado e, consequentemente, está impactando positivamente na vida do homem do campo. Esse novo cenário também chegou na região norte do Xingu e Araguaia, em Mato Grosso. Os Sindicatos Rurais de Santa Cruz do Xingu, São José do Xingu, São Félix do Araguaia, Vila Rica e Porto Alegre do Norte (Canabrava do Norte) estão unidos para promover, dia 27 de junho, o primeiro leilão virtual de gado. Será o “Leilão Virtual Parceiros do Sindicato Rural” desses municípios que, juntos, possuem um rebanho bovino de mais de dois milhões de cabeças.
,
Inédito na região, o evento vai ofertar três mil cabeças de gado, 100% pesados para cria, recria e engorda (machos e fêmeas). O leilão será conduzido pela Estância Bahia e a transmissão nacional ao vivo vai ficar por conta do canal Terra Viva, a partir das 14h30 (horário de Brasília). Os animais serão pesados e filmados para o evento.

A exibição dos animais será feita por imagens e fotos. Serão mostrados os detalhes, raça (Nelore e de Cruzamento Industrial), performance deles em movimento, entre outros. “Procuramos dar o maior número de informações sobre cada animal leiloado”, disse o presidente do Sindicato Rural de Porto Alegre do Norte, Alessandro Pires.

De acordo com Alessandro Pires, os leilões virtuais e televisionados vêm conquistando grande aceitação entre produtores e compradores de gado, principalmente por representar redução de custos e maior abrangência de público.

Devido à pandemia do novo coronavírus, não terá o mesmo clima e som ambiente de um leilão presencial, palestras técnicas e o calor humano, mas, segundo Alessandro, com certeza será um evento que irá democratizar as vendas de gado na região, girar a economia e ainda proporcionar aos produtores rurais grandes oportunidades.

"Sem falar nas grandes vantagens com redução de custo e encurtamento de distância. Os leilões virtuais deverão se sedimentar cada vez mais no mercado agropecuário. A atual circunstância acelerou esse modelo de negócio que já vinha ganhando espaço na pecuária. E, na avaliação do setor, a tendência veio para ficar”, reforçou Alessandro Pires.

O presidente do Sindicato Rural de São José do Xingu, Fernando Tulha, destacou a parceria das entidades sindicais que há anos desempenham ações em prol do setor produtivo rural da região com as esferas municipais, estaduais e federais. “Essa parceria tem propiciado uma soma de forças e benfeitorias ao setor. Sendo assim, nos dispusemos a colocar em prática a ideia de um leilão virtual. A iniciativa partiu do presidente do Sindicato Rural de Porto Alegre do Norte e, por acreditarmos na produção agropecuária da região, aceitamos o desafio”, apontou Fernando Tulha.
 
Tendências – A comercialização nos leilões online reflete a atual preocupação do setor produtivo rural da região do Xingu e Araguaia com a instabilidade econômica causada pela pandemia. Com a instabilidade do país, compradores com reserva financeira estão buscando investimentos sólidos. E o “Leilão Virtual Parceiros do Sindicato Rural” será uma excelente oportunidade. Essa é a aposta dos presidentes dos sindicatos envolvidos. Cadastro e lances poderão ser feitos pelo telefone (66) 2121-6700.

Leilão virtual deve movimentar a economia do norte do Xingu e Araguaia

FONTE: AguaBoaNews

Comente, sua opinião é Importante!

PUBLICIDADE