PUBLICIDADE Supermercado Vendão
SAÚDE

O Hospital Municipal de Confresa agora realiza exames de eletrocardiograma

Hoje estão sendo realizados aproximadamente 10 exames diários, os agendamentos estão sendo feitos em até dois dias.

10/01/2019 09h17 | Atualizada em 30/11/-0001 00h00

O Hospital Municipal de Confresa agora realiza exames de eletrocardiograma

Reprodução

PUBLICIDADE Skynet

Exames de eletrocardiograma agora são realizados no hospital municipal de Confresa, pelo Sistema Único de Saúde.

De acordo com a responsável técnica, Leidimar Aparecida, os exames são feitos em parceria com o telessaúde que faz a comunicação online com a Universidade Federal de Minas Gerais, onde seis médicos especialistas estão de prontidão 24 horas por dia pra receber os exames e emitir laudo.

“Se for eletivo o laudo sai em até 2 horas e no caso das urgências em até 5 minutos” disse Leidimar.

Atividades cardiológicas como: arritmia, infarto agudo do miocárdio, doença coronariana, são algumas dentre as diversas doenças que podem ser identificadas através do eletrocardiograma.

Desta forma se diagnosticada patologia, o paciente é encaminhado ao especialista.

Hoje estão sendo realizados aproximadamente 10 exames diários, os agendamentos estão sendo feitos em até dois dias, pois a demanda ainda está pequena.

Para agendar um exame o paciente deve se dirigir a unidade básica de saúde do seu setor e o encaminhamento é feito para a central de regulação que irá agendar a hora e a data do exame no hospital.

Segundo o Prefeito Ronio Condão, a proposta da Prefeitura é disponibilizar um eletrocardiograma para cada unidade de saúde. “Estamos trabalhando firmes para conseguir comprar um aparelho para cada unidade de saúde do município, desta forma o atendimento será realizado com mais agilidade”.

De acordo com a direção do Hospital Municipal é grande o número de pacientes internados com doenças coronarianas, com a realização do exame é possível diagnosticar uma enfermidade precocemente para o paciente realizar o tratamento e minimizar o risco de complicação do quadro clínico.

FONTE: Confresa.org

Comente, sua opinião é Importante!

PUBLICIDADE