PUBLICIDADE Supermercado Vendão
INVESTIMENTOS

Luciara investe 400 mil reais em pavimentação

Prefeito Fausto Azambuja (Faustinho) concentrou em pavimentar ruas onde há maior fluxo de pessoas.

09/01/2019 09h21 | Atualizada em 09/01/2019 09h24 68 acessos

Luciara investe 400 mil reais em pavimentação

Semana7

PUBLICIDADE Skynet

Em março de 2018 o então governador Pedro Taques visitou Luciara nas evoluções que fizera de pré-campanha com vistas a sua reeleição que resultou num fiasco de votos e a inexpressiva terceira colocação no primeiro turno que elegeu Mauro Mendes que herda, por sua vez, um estado coberto de dívidas, 13º a ser quitado e a consequente operação de reajuste da máquina pública que está emperrada.

Naquela sua visita à histórica a Luciara, (localizada a 1180 km de Cuiabá), Pedro Taques despertou os ânimos de muitos ao prometer de público e ao prefeito Fausto Aquino de Azambuja Filho (Faustinho) asfaltar o trecho de cerca de 1 km da MT-100 na entrada da cidade. A promessa do ex-governador sequer saiu do papel até que ele deixasse o cargo no início de janeiro.

Outra promessa de Taques aos luciarenses também diz respeito a asfalto, só que em um trecho bem mais longo, de 60 km na MT-100, no braço que liga a cidade, banhada pelo rio Araguaia, ao entroncamento da BR-242, na altura do povoado de Chapadinha, a 40 km a leste de São Félix do Araguaia. Como no primeiro trecho, a esta época do ano, deve estar coberto de buraco, de poças, de lama.

“Desilusões à parte”, conforme a versão de Faustinho, ele disse em data recente à reportagem deste portal de notícias que pretende passar esses dois últimos anos de seu mandato dotando sua cidade de asfalto. “Essa é a grande demanda de pouco mais de 2 mil habitantes”. Para dotar seu projeto de asfaltamento ele usa cerca de 30% dos recursos que aportam ao município através do Fundo Estadual de Transporte e Habitação (Fethab).

De acordo com o seu mapa as obras as vias de mais movimento de Luciara estão no do setor Universitário como a av. Sebastião Gomes de Souza que será asfaltada. Ali, segundo o prefeito, é o local estratégico pois “conecta as duas partes da cidade”. De início, conforme disse, foram reservados R$ 400 mil. Faustinho diz que sua cidade cresce de modo desordenado, sem saneamento básico e pavimentação.

O abastecimento de água que tem naquele setor é obra do seu mandato. Luciara recebe de R$ 65 mil a R$ 75 mil mensais do Fethab. Em seus cálculos ele diz que a maioria fica para os 530 km de estradas do interior do município onde se inclui também estradas estaduais, mas esquecidas do Norte Araguaia.

Enquanto isso ele toca seu projeto e insiste que as obras de asfaltamento devem prosseguir até 2020, “quando chegaremos aos setores mais antigos da cidade”, onde as ruas ainda são calçadas de bloquetes.

FONTE: Semana 7

PUBLICIDADE

Comente, sua opinião é Importante!

PUBLICIDADE