PUBLICIDADE Supermercado Vendão
CONHECIMENTO

Secretaria Municipal de Assistência Social realiza palestras com grupo de gestante em Vila Rica

Além das palestras as gestantes participaram de sorteios de brindes, e também foi servido pela equipe do CRAS, um delicioso lanche da tarde para as participantes.

11/10/2018 08h18 | Atualizada em 11/10/2018 08h41 191 acessos

Secretaria Municipal de Assistência Social realiza palestras com grupo de gestante em Vila Rica

Israel Monteiro

PUBLICIDADE Skynet

 O Governo de Vila Rica através da Secretaria Municipal de Assistência Social em parceria com a Secretaria de Saúde juntamente com a equipe do CRAS realizaram na tarde da ultima segunda-feira, 08 de outubro, um encontro com rodada de palestras voltadas para um grupo de gestantes com tema "Amamentar é Um Ato de Amor” realizado no Centro de Múltiplo Uso.

As palestras realizadas na ocasião teve como intuito mostrar para as mães presente que o pré-natal é um acompanhamento médico que toda gestante deve fazer para garantir a sua saúde e a do bebê durante toda a gestação até o nascimento.

O pré-natal deve ser iniciado logo após a descoberta da gravidez, sendo a primeira consulta antes de completar três meses. Geralmente, a frequência nas consultas acontece da seguinte maneira: Até 34 semanas de gestação: uma a cada quatro semanas; Após 36 semanas: uma consulta a cada duas semanas; e A partir de 38 semanas: semanalmente.

Os exames feitos neste período são muito importantes, pois, com eles, é possível identificar e prevenir doenças que possam afetar a mãe e o bebê e evitar complicações que possam ocasionar abortamento, parto prematuro, diabetes gestacional, eclampsia, entre outras.

Caso a gestante já tenha algum problema de saúde ou mesmo o concepto, as consultas devem ser mais frequentes. Além dos exames clínicos e laboratoriais, é durante o pré-natal que as gestantes recebem todas as informações sobre as mudanças físicas e psicológicas que vão acontecer na gestação.

Além das palestras as gestantes participaram de sorteios de brindes, e também foi servido pela equipe do CRAS, um delicioso lanche da tarde para as participantes. As palestras foram ministradas pela assistente social do CRAS Lara Oliveira, Fisioterapeuta Juliana de Souza, Fisioterapeuta particular Wgléia Santos Barbosa e do Enfermeiro Wadban Altobelli Resplandes Silva.

“É papel da Assistência Social é acompanhar estas gestantes que se encontram em situação de vulnerabilidade social. Desenvolvemos semanalmente oficinas de bordados e pinturas em tecidos gratuitos para nossas gestantes e também orientamos elas sobre a importância nutricional dos alimentos durante o período gestacional. O CRAS,  tem buscado ampliar o conhecimento destas mulheres, que na maioria das vezes não tem noção dos direitos que têm durante a gravidez”, enfatizou a Secretária Municipal de Assistência Social, Lucy Meiry.

 

FONTE: Assessoria de Imprensa | Israel Monteiro

PUBLICIDADE

Comente, sua opinião é Importante!

PUBLICIDADE