Meio Ambiente

Operação apreende maquinários usados para desmatamento irregular em Santa Terezinha

Com os suspeitos foram encontrados: um trator, duas máquinas de esteira e óleo combustível

18/03/2021 19h15 | Atualizada em 20/03/2021 11h58

PUBLICIDADE

Dando continuidade nas investigações de combate ao desmatamento ilegal na zona rural de Santa Terezinha (1.312 km a nordeste de Cuiabá), a Polícia Civil do município apreendeu, na terça-feira (17.03), diversos maquinários e equipamentos que vinham sendo utilizados de forma irregular. Na ocasião, cinco pessoas foram conduzidas sendo lavrado Termo Circunstanciado de Ocorrência contra dois suspeitos de crime ambiental.

As diligências iniciaram no dia 10 de março, após os policiais civis tomarem conhecimento sobre a prática de crime ambiental em uma propriedade agrícola nas proximidades da cidade de Santa Terezinha. Diante das informações os investigadores com apoio dos militares foram até o local onde encontraram dois tratores de esteiras realizando a limpeza e desbaste da vegetação.

Na ocasião, três homens que trabalhavam como maquinistas foram abordados e apresentaram a documentação. No entanto, todos foram encaminhados até a Delegacia de Santa Terezinha para prestarem esclarecimentos, e depois de ouvidos foram liberados.

Com os suspeitos foram encontrados: um trator, duas máquinas de esteira, dois tambores de óleo contendo cada cerca de 200 litros de oléo diesel, um tambor de 20 litros de óleo lubrificante, entre outros itens. Durante análise dos documentos apresentados, a Polícia Civil constatou que a documentação refere-se à limpeza de pastagens, porém o local onde era realizada tal ação trata-se de área de mata virgem.

Então na quarta-feira (17) as equipes da Polícia Civil de Vila Rica e Santa Terezinha retornaram na região do desmate, e realizaram a apreensão de equipamentos, trator e duas máquinas de esteira. Um inquérito policial foi instaurado para apurar os fatos envolvendo crime contra o meio ambiente. Os investigados poderão responder criminalmente e administrativamente, bem como estão sujeitos ao pagamento de multas de alto valor pelo desmatamento cometido.

FONTE: Radio Eldorado FM 87.9 com Assessoria

PUBLICIDADE