PUBLICIDADE
ACIDENTE

Brincadeira com álcool em gel deixa jovem com rosto e corpo queimados em MT

Família pede ajuda para tratamento de menina de 13 anos.

06/04/2020 16h19 | Atualizada em 30/11/-0001 00h00

Brincadeira com álcool em gel deixa jovem com rosto e corpo queimados em MT

ilustrativa

Após sofrer queimaduras de 1° e 2° grau pelo corpo, principalmente no rosto, a família da adolescente Rhaiane Gabrielly de Arruda, 13 anos, pede ajuda para comprar alguns produtos de higiene e outros, para a menina que teve diversas queimaduras após passar álcool em gel no corpo e acionou um palito de fósforo. O acidente aconteceu na noite do domingo (29), no bairro Altos da Serra, em Cuiabá. 

Em entrevista ao Folha Max, a tia da vítima relatou que a jovem estava na casa de um tio dela com uma outra prima da mesma idade. Em determinado momento, para se prevenirem do coronavírus (covid-19) as duas crianças teriam passado álcool em gel e Rhaiane acendeu um fósforo, nisso acabou pegando fogo em sua face e outras partes do corpo.

A família acredita que pelo fato da menina ter cabelos longos pode ter facilitado a combustão do fogo. O rosto da vítima ficou parcialmente queimado e seu cabelo foi todo danificado por conta das chamas. 

image

Ainda foi relatado pela familiar que na situação havia mais uma adolescente com Rhaiane, porém, apenas ela foi atingida pelo fogo. Após o ocorrido, a menor foi encaminhada ao novo Hospital Municipal de Cuiabá (HMC) onde permanece internada até hoje, em estado estável de saúde. 

Com isso, a tia e outras pessoas próximas estão tentando levantar um dinheiro para ajudar na compra de alguns produtos que serão posteriormente usados pela vítima, como uma nova cama e colchão. Isso porque, com os diversos ferimentos deverão serem tomadas uma série de medidas para que evitem a proliferação de bactérias no corpo da menina. 

Uma rifa está sendo realizada para arrecadar valores para ajudarem a adolescente, que segundo a tia, está bem triste com a situação. Quem puder contribuir com a família de alguma forma pode ligar no telefone (65) 9 9259-3735 e falar com Marcela, que é tia da Rhaiane.

FONTE: SEMANA 7

Comente, sua opinião é Importante!

PUBLICIDADE