PUBLICIDADE Supermercado Vendão
MUDANÇA

Governo do Estado confirma a saída de secretário de Saúde

O pedido de demissão foi entregue pessoalmente pelo secretário ao governador Pedro Taques (PSDB) no Palácio Paiaguás.

15/03/2017 06h59 | Atualizada em 30/11/-0001 00h00

Governo do Estado confirma a saída de secretário de Saúde

Junior Silgueiro/GComMT

O Governo do Estado confirmou, na noite desta terça-feira (14), a saída do secretário de Estado de Saúde, João Batista Pereira da Silva.

O pedido de demissão foi entregue pessoalmente pelo secretário ao governador Pedro Taques (PSDB) no Palácio Paiaguás.

O nome do novo secretário de Saúde deve ser anunciado nos próximos dias.

Taques aceitou o pedido e agradeceu João Batista pelos serviços prestados à frente da Secretaria de Saúde durante os quase oito meses em que esteve comandando a Pasta.

João Batista permanecerá no cargo durante mais alguns dias para que possa realizar a transição ao novo gestor.

A demissão de João Batista já era dada como certa pela manhã, quando ele marcou uma reunião com governador no Paiaguás.

Durante evento sobre a liberação de verba para o Programa Luz Para  Todos, no Paiaguás, Taques não negou nem confirmou o pedido. Disse apenas que voltaria a conversar com o secretário no período da tarde.

“Aí a imprensa vai saber. Vamos conversar à tarde. Eu não vou jantar antes de almoçar, não sei o que ele vai falar”, resumiu.

Segundo informações de bastidores, o secretário estava descontente com uma possível falta de recursos para sua Pasta, além de atrasos nos repasses.

Por diversas vezes, Batista foi intimado pela Justiça a fazer repasses a Municípios, sob risco de prisão.

Por conta desses problemas, que estariam dificultando seu trabalho na Secretaria, Batista teria resolvido colocar o cargo à disposição.

João Batista era o terceiro secretário de Saúde da gestão do tucano. O primeiro foi Marco Bertúlio, seguido de Eduardo Bermudez.

Batista atuou como secretário municipal de Saúde de Nova Mutum (267 Km ao norte de Cuiabá), por mais de dez anos.

FONTE: Midia News

Comente, sua opinião é Importante!

PUBLICIDADE