AGRONEGÓCIO

Fórum vai discutir logística e entraves à consolidação do agronegócio

O Fórum das Cadeias Produtivas trará uma série de painéis e palestras com assuntos relacionados ao agronegócio.

20/06/2017 09h53 | Atualizada em 20/06/2017 16h34

Fórum vai discutir logística e entraves à consolidação do agronegócio

Gilberto Leite

A 2ª edição do Fórum Nacional das Cadeias Produtivas acontecerá em Cuiabá entre 10 e 14 de julho no Pavilhão de Leilões do Parque de Exposições Senador Jonas Pinheiro, mesmo período que acontece a 53ª Expoagro.

O Fórum das Cadeias Produtivas trará uma série de painéis e palestras com assuntos relacionados ao agronegócio, com o intuito de aprofundar o conhecimento sobre temas pertinentes ao dia-a-dia no campo, tema que é destaque em Mato Grosso, o maior produtor de bovinos e de commodities agrícolas do país.

Produtores rurais, técnicos, acadêmicos e demais entes envolvidos com a agropecuária terão a oportunidade de discutir, ouvir e trocar ideias com grandes especialistas do setor nestes quatro dias.

Conforme destaca o presidente do Sindicato Rural de Cuiabá, Jorge Pires de Miranda, a discussão e aprofundamento técnico sobre os temas pertinentes ao setor produtivo são sempre importantes para aprimorar a qualidade da produção agropecuária em Mato Grosso. “Os temas debatidos durante os dias do Fórum das Cadeias Produtivas vão trazer informações e soluções”, pontua Pires.

O diretor do Sindicato Rural de Cuiabá, Luiz Carlos Alécio, alerta que a pecuária apresenta diversos temas que merecem atenção seja dos pecuaristas seja das autoridades públicas e entrarão em debate no Fórum. “Hoje temos um grande problema para manter um fluxo de abates, já que existe um oligopólio de frigoríficos, que provoca a monopolização de preços da carne, remunerando o pecuarista abaixo do ideal, problema que é solucionável com a ampliação da concorrência”, disse Alécio.

Na agricultura, Luiz Alécio diz que os dois principais problemas são o armazenamento e a logística. “Hoje temos um déficit de pelo menos 40% de armazenagem para a produção mato-grossense. Até existe crédito subsidiado pelo governo federal por meio do BNDES – Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social – com juros recentemente reduzidos para 6,5% ao ano, mas cujo acesso é burocrático e, consequentemente lento”, argumenta.

Logística

Quanto à logística, o secretário de Desenvolvimento Econômico de Mato Grosso (Sedec), Ricardo Tomczyk avalia que o Fórum será importante para apontar meios que consigam dar uma resposta a esse problema. “Além de discutirmos os temas importantes para os produtores rurais como aprimoramento das técnicas de produção, também discutiremos soluções para os problemas logísticos, cuja resolução é substancial para Mato Grosso”. A Sedec é uma das parceiras na realização do Fórum das Cadeias Produtivas.

“Hoje, somos mais produtivos que os Estados Unidos, mas o produtor norte-americano tem mais lucro que o brasileiro, isso porque parte dos lucros se perde nas estradas e nos problemas logísticos enfrentados da fazenda até aos portos”, acrescenta Luiz Alécio, que também critica a morosidade como determinadas soluções ou aprimoramentos têm sido conduzidas, tais como a duplicação da BR-163 ou o acesso aos portos da região Norte do país.

O Fórum é uma realização do Sindicado Rural de Cuiabá com parceria do governo estadual, por meio da Secretaria de Desenvolvimento Econômico (Sedec), e de instituições do setor agropecuário como Sistema Famato-Senar e Acrimat, e apoio de empresas como a Planutri.

Programação

O Fórum das Cadeias Produtivas terá entrada gratuita e temas que vão da lavoura, pecuária até a logística. Na segunda (10), entre as 8h30 e 10h30 da manhã, será realizado o painel sobre agronegócio.

Já à tarde, a partir das 14h, será a vez do painel sobre nutrição, irrigação e silagem. Em seguida, às 15h30 será a palestra sobre o sistema Integração Lavoura-Pecuária, que é um dos manejos de grande potencial sustentável e que vem ganhando cada dia mais espaço na agropecuária mato-grossense. Já às 16h30 será realizada uma palestra sobre piscicultura.

Entre 11 e 12 de julho o assunto em pauta será a Feira de Genética Animal (Genapec), com uma programação especial dentro do Fórum das Cadeias Produtivas. Já no dia 13 de julho as discussões serão mais uma vez pautadas sobre a agricultura e pecuária.

E no último dia do Fórum das Cadeias Produtivas, em 14 de julho, os participantes vão poder discutir sobre a logística, que é ainda um dos principais gargalos do setor produtivo, em Mato Grosso.

FONTE: RD NEWS

Comente, sua opinião é Importante!

PUBLICIDADE