PUBLICIDADE
APENAS COM ÁLCOOL

Governo de MT proíbe órgãos públicos de abastecerem frota com gasolina e prevê economia de R$ 4 milhões

Segundo o estado, desde maio os carros oficiais estão sendo abastecidos apenas com álcool.

14/08/2019 08h11 | Atualizada em 30/11/-0001 00h00

Governo de MT proíbe órgãos públicos de abastecerem frota com gasolina e prevê economia de R$ 4 milhões

MT/Divulgação

O governo de Mato Grosso proibiu que órgãos e entidades públicas estaduais abasteçam a frota de veículos com gasolina. Desde maio, os carros oficiais estão sendo abastecidos apenas com álcool. Com a mudança, o governo prevê uma economia de R$ 4 milhões em um ano.

A mudança foi feita no Sistema de Gestão de Abastecimento de Combustíveis depois que o governo constatou ser mais vantajoso abastecer com álcool ao invés da gasolina.

A medida, segundo o governo, tem por objetivo viabilizar o Decreto nº 08/2019, que estabelece diretrizes para controle, reavaliação e contenção das despesas na administração pública.

De acordo com a Secretaria Estadual de Planejamento e Gestão (Seplag-MT), nos meses de junho e julho a economia aos cofres públicos foi superior a R$ 300 mil por mês, se comparada ao mês de maio.

A previsão para a próxima Ata de Registro de Preço de combustíveis, entretanto, é que haja uma cláusula que permita o remanejamento do quantitativo de gasolina e álcool.

A ideia é que cada órgão abasteça com o que for mais vantajoso no momento, ao invés de ter que haver uma proibição.

FONTE: G1 MT

Comente, sua opinião é Importante!

PUBLICIDADE