PUBLICIDADE Supermercado Vendão
AGROPECUÁRIA

IMEA defende aumento na área da soja em Mato Grosso para estimular culturas de 2ª safra

O aumento da área de soja em primeira safra nos últimos anos vem possibilitando o incremento das áreas em segunda safra.

09/08/2019 11h47 | Atualizada em 30/11/-0001 00h00 2 comentarios

IMEA defende aumento na área da soja em Mato Grosso para estimular culturas de 2ª safra

Reprodução

O Instituto Mato-grossense de Economia Agropecuária elevou, em julho, o Valor Bruto da Produção (VBP) Agropecuária, para este ano em que, para a agricultura o valor passou a ser de R$ 59,97 bilhões, dos quais R$ 34,91 bilhões são oriundos da cultura da soja. A oleaginosa continua na liderança da representatividade do VBP da agropecuária, apresentando, inclusive, valores nominais recordes neste ano.

Mas o IMEA expõe que, “nos últimos tempos, é importante salientar que outra cultura agrícola vem aumentando sua importância econômica no Estado e, por consequência, reduzindo a representatividade da soja no VBP, o algodão. O aumento da área de soja em primeira safra nos últimos anos vem possibilitando o incremento das áreas em segunda safra, e a cotonicultura está aproveitando este cenário, contribuindo para a economia do Estado. Desta maneira, constata-se a importância do aumento da área de soja em Mato Grosso como forma de estimular culturas de segunda safra, contribuindo para a economia mato-grossense”, defende o instituto.

A última estimativa da safra mato-grossense de soja 2o18/19, feita em abril passado, pelo IMEA, aponta que a área semeada foi estimada em 9,66 milhões de hectares, tendo incremento de 46.267 hectares, ou 0,48%em relação ao último relatório. Com esses novos valores, a área prevista para a safra 2018/19 apresenta um aumento de 1,68%ou 159,23 mil hectares quando comparado à safra passada.Já a produtividade apresentou um aumento de 1,26% em relação ao último levantamento, e foi consolidada em 56,04sc/hectares para o Estado. Com o resultado, a produtividade média estadual nesta safra representa uma redução de 2,10% em relação à safra 2017/18″.

FONTE: Só Notícias/Agronotícias

2 COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

  1. Agricultural economics utilizes the principles of economics to the production of crops and livestock. Particular regions of study in agricultural economics include Community and rural development. It's studying the economic impacts of agricultural things. Assignment Writing Service The class I had looked into different things though like the economics of nature 

  2. [[https://www.google.com google]] [custom text link](https://www.google.com) google [url=https://www.google.com]google[/url] [link text](https://www.example.com/) "foo":"https://www.google.com" [http://www.example.com example] [Link](https://lighthouseapp.com) good

Comente, sua opinião é Importante!

PUBLICIDADE