PUBLICIDADE Supermercado Vendão
LOGÍSTICA

Veja como é feita uma das mais complexas operações de logística de gado magro do Brasil

Você já imaginou como é organizar o transporte de quase 20 mil animais ao mesmo tempo?

18/05/2019 12h28 | Atualizada em 30/11/-0001 00h00 1 comentario

Veja como é feita uma das mais complexas operações de logística de gado magro do Brasil

Ilustrativa

Você já imaginou como é organizar o transporte de quase 20 mil animais ao mesmo tempo? O quadro Giro na Estrada desta sexta, 17, trouxe informações de uma das mais complexas operações de logística de gado de todo o Brasil, o Mega Leilão, tradicional remate realizado pela Estância Bahia em diversas cidades mato-grossenses.

Na primeira etapa de 2019, em Água Boa, no Vale do Araguaia do MT, o evento comercializou quase mais de 16.600 mil cabeças vindas de 36 vendedores para 50 compradores de todo o Mato Grosso e estados vizinhos, como Goiás e Pará. Um dos principais desafios foi organizar o embarque destes animais e, para conseguir atender todos os pecuaristas, a organizadora decidiu terceirizar a estratégia de logística. Foram dedicados 20 veículos à operação como um todo, que levou menos de duas semanas para ser concluída, levando lotes para todo o MT, parte de Goiás e até o Pará.

“Hoje a Estância Bahia realiza três Mega Leilões ao longo do ano, em Água Boa, Cuiabá e Sinop. […] É uma parceria que vem se consolidando a cada dia. Hoje o principal desafio é atendê-los com maior rapidez, tendo em vista que são bem pulverizadas as compras, e fazer a entrega dos animais com a qualidade do transporte”, destacou Marcus Bueno, coordenador de transporte da TRP para a região.

“Além do transporte do dia a dia do gado gordo, a gente transporta o gado magro que vai desde as pequenas propriedades até um Mega Leilão, por exemplo. O Mega Leilão, do qual estamos falando, é a maior operação hoje de transporte de gado magro do Brasil. A gente tem uma dificuldade muito grande porque você não pega animais apenas de uma propriedade, de um ponto A para um ponto B. Você tem uma infinidade de propriedades para levar. Você acaba precisando de uma estruturação muito grande para esta operação”, acrescentou o engenheiro agrônomo e coordenador de logística da Friboi, Leonardo Vieira.

FONTE: Giro do Boi

1 COMENTÁRIO

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

  1. Quase mais de 16.600 cabeças. Que isso?

Comente, sua opinião é Importante!

PUBLICIDADE