PUBLICIDADE Supermercado Vendão
AGRICULTURA

Preço do milho acumulou queda semanal de 1,4% em Mato Grosso

O recuo ocorreu, principalmente, pela movimentação baixista na bolsa B3.

22/03/2019 15h45 | Atualizada em 22/03/2019 16h07

Preço do milho acumulou queda semanal de 1,4% em Mato Grosso

Ilustrativa

PUBLICIDADE Skynet

O prêmio de exportação do milho para agosto deste ano apresentou recuo de 14,89%. A queda foi pautada, sobretudo, pela menor procura do cereal nos portos brasileiros. O preço do milho em Mato Grosso registrou queda de 1,46% na última semana e cotação média de R$ 23,47/saca. O recuo ocorreu, principalmente, pela movimentação baixista na bolsa B3, aponta o Instituto Mato-grossense de Economia Agropecuária

Chegando à reta final, a semeadura do milho mato-grossense para a safra 2018/19 alcançou 99,83% da área cultivada e um avanço semanal de 0,97 pontos percentuais e a colheita deve ser concluída no Estado, esta semana.

“O USDA reduziu a expectativa das exportações de milho dos EUA em 3,06% em seu último relatório de oferta e demanda para a safra 18/19, passando a serem estimadas em 60,33 milhões de toneladas. Aliado a isso, o departamento reportou as vendas semanais do país com destino à exportação na semana do dia 07 março, surpreendendo o mercado ao divulgar um volume de apenas 0,37 milhão de toneladas, o que representa uma queda de 61,64% ante a semana anterior. A situação chama atenção, visto que, no acumulado, as vendas a serem enviadas ao exterior já apresentam um atraso de 6,27% quando comparadas com as do mesmo período do ano passado, pois, em grande parte do tempo estiveram adiantadas.

Assim, o acompanhamento da demanda do milho nos EUA nas próximas semanas será importante, sobretudo, para estar atento aos impactos nas oscilações na bolsa de Chicago, que é um importante indicador para a formação dos preços em Mato Grosso:, analisa o IMEA, em seu boletim semanal.

FONTE: Só Notícias

Comente, sua opinião é Importante!

PUBLICIDADE