PUBLICIDADE Supermercado Vendão
PROJETOS

Índios do Araguaia e de outras regiões de MT irão receber R$ 23 milhões para proteção de florestas e melhoria na qualidade de vida

O valor, segundo o governo do estado, deve ser disponibilizado ao longo de cinco anos.

07/12/2018 15h46 96 acessos 1 comentario

Índios do Araguaia e de outras regiões de MT irão receber R$ 23 milhões para proteção de florestas e melhoria na qualidade de vida

Lígia Vendramin/Sema-MT

PUBLICIDADE Skynet

Índios de Mato Grosso devem ter acesso a cerca de R$ 23 milhões que devem ser investidos em projetos para proteção das florestas e ações para melhoria na qualidade de vida as aldeias. Na semana passada, representantes da comunidade indígena entregaram ao governo do estado as propostas das ações, que devem ser financiadas por um projeto internacional.

O valor, segundo o governo do estado, deve ser disponibilizado ao longo de cinco anos.

As propostas foram apresentadas durante a Federação dos Povos Indígenas de Mato Grosso (Fepoimt), que reuniu mais de 500 pessoas no Parque do Xingu.

Os projetos foram construídos com a participação de 42 povos indígenas, lideranças e instituições governamentais e não governamentais.

O objetivo era responder questionamentos sobre a viabilidade de se manter a floresta em pé e os obstáculos a serem enfrentados.

Os encontros foram realizados em aldeias nos municípios de Barra do Garças, General Carneiro, Porto Esperidião, Brasnorte, São Félix do Araguaia, Paranatinga, Peixoto de Azevedo e Gaúcha do Norte.

Ao longo do processo, os indígenas definiram nove temas prioritários que abrangem desde a formação de lideranças e organizações indígenas, gestão do território, fortalecimento sociocultural, até a busca por mecanismos para garantir a participação dos povos nativos nos processos de tomada de decisão.

As propostas incluem também ações para promoção da igualdade de gênero, melhorias na qualidade ambiental dos territórios indígenas e vigilância e monitoramento.

O Programa REM é um projeto que premia países e estados pioneiros no combate ao desmatamento na Amazônia. Mato Grosso irá receber dos governos da Alemanha e do Reino Unido 22 milhões de libras e 17 milhões de euros, cerca de R$ 180 milhões na moeda atual, em um período de cinco anos.

Os recursos serão repassados pelo banco alemão KfW e administrados pelo Fundo Brasileiro para a Biodiversidade (Funbio) e a previsão é que o primeiro desembolso seja feito em outubro de 2018.

FONTE: G1 MT

PUBLICIDADE

1 COMENTÁRIO

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

  1. Um dinheirão desses nas mãos dessa raça infame era melhor queimar esse dinheiro...

Comente, sua opinião é Importante!

PUBLICIDADE