PUBLICIDADE Supermercado Vendão
PARALISAÇÃO

Agentes penitenciários vão paralisar atividades nas 55 unidades em Mato Grosso

O protesto será nesta quinta e sexta-feiras e só funcionarão as atividades consideradas essenciais.

10/07/2018 15h42 | Atualizada em 10/07/2018 15h43 79 acessos

Agentes penitenciários vão paralisar atividades nas 55 unidades em Mato Grosso

Ilustrativa

PUBLICIDADE Skynet

Os servidores do sistema penitenciário de Mato Grosso, vão paralisar as atividades por 48 horas, nas 55 unidades prisionais no Estado. O protesto será nesta quinta e sexta-feiras e só funcionarão as atividades consideradas essenciais. Entre os serviços suspensos estão as visitas aos 11 mil presos e escoltas.

A decisão pela paralisação foi tomada em assembleia da categoria. “De acordo com a categoria, o ato é um alerta diante da morosidade com que o governo do Estado tem tratado as reivindicações da classe”.

Os problemas estariam principalmente na questão do chamamento dos aprovados no último concurso. Os servidores querem celeridade nos procedimentos referente ao Termo de Ajustamento de Conduta para resolver os impasses.

Em uma reunião entre representantes do sindicato, Secretaria de Justiça e Direitos Humanos, Ministério Público e Procuradoria Geral do Estado, realizada no último dia 28, ficou estabelecida a construção de um TAC, mas sem um prazo para ser concluída. A categoria reclama do baixo efetivo nas unidades.

O sindicato diz que o adicional de insalubridade já deveria estar sendo pago aos servidores, conforme promessa em acordo feito em dezembro do ano passado.

“Precisamos trabalhar com prazos, visto que as unidades penais do Estado estão sem efetivo e os servidores trabalhando cansados, estressados e necessitando com extrema urgência de novos profissionais para incorporar e somar”, salientou Amaury Paixão, presidente interino do Sindspen.

FONTE: A Gazeta

PUBLICIDADE

Comente, sua opinião é Importante!

PUBLICIDADE