PUBLICIDADE Supermercado Vendão
AGRICULTURA

Produtor reduz custos com imagens de satélite e aplicação de nematicidas direto no sulco

A ferramenta já apresenta grandes resultados, como mostram os números após a aplicação da tecnologia em uma propriedade localizada em Ribeirão Cascalheira/MT.

12/06/2018 08h28 | Atualizada em 12/06/2018 08h34 131 acessos

Produtor reduz custos com imagens de satélite e aplicação de nematicidas direto no sulco

Reprodução

PUBLICIDADE Skynet

Combater as pragas no solo é o principal objetivo para o agricultor que deseja ter uma elevada produção. Mas, atingir esse objetivo não é tarefa fácil e é preciso ter um controle preciso nas lavouras. Para ajudar estes produtores já existem algumas ferramentas eficientes no mercado, como é o caso das soluções oferecidas pelas empresas Orion e CYGNI, de Pompéia/SP, especialistas nodesenvolvimento de tecnologia para aplicação no sulco do plantio e mapeamento de reboleiras de nematoides.

A CYGNI, acaba de lançar uma plataforma via internet que permite acessar imagens de satélite de maneira simples, rápida e de baixo custo. Com elas é possível visualizar e georreferenciar as anomalias existentes em uma determinada área agilizando e reduzindo a coleta de amostras.

A ferramenta já apresenta grandes resultados, como mostram os números após a aplicação da tecnologia em uma propriedade localizada em Ribeirão Cascalheira/MT. Na fazenda de 4,8 mil hectares, são cultivadas soja em sua totalidade e foi realizado o mapeamento de reboleiras de nematoides.

De acordo com Thiago de Almeida Prado, engenheiro agrônomo e diretor de tecnologia da CYGNI, neste exemplo houve a economia de R$144,38 por hectare. No total, o trabalho resultou em um ganho financeiro de R$700 mil ao produtor. “Utilizamos o portal CYGNI-AG para a avaliação das áreas, com imagens de satélite e criação dos mapas de aplicação localizada. Neste caso o produtor já sabia que os nematoides eram a causa das anomalias, por isso fizemos a aplicação de nematicida apenas nos locais que era necessário. Foram utilizados dois equipamentos Orion com aplicação localizada”, explica o engenheiro agrônomo.

De acordo com Prado, essa ferramenta, além da redução de custos sem desperdício de produto, onde não existem nematoides, também gera grande redução dos impactos ambientais. “É muito comum aplicar defensivo em área total, sendo que nematoides se distribuem no solo em reboleiras e não de maneira uniforme”, completa.

Aplicação no sulco

Visando proporcionar mais praticidade, eficiência, e segurança no tratamento das sementes, a Orion oferece aos agricultores, através de sua rede de distribuição, uma linha de equipamentos para a aplicação dentro do sulco do plantio. Esta operação vem se tornando um processo cada vez mais relevante na agricultura brasileira, possibilitando aplicar produtos químicos ou biológicos como: inoculantes, nematicidas, fungicidas, inseticidas, enraizadores e outros, com extrema precisão, no local, quantidade e momento corretos, protegendo não só a semente, mas também o local onde ela é depositada.

FONTE: Kassiana Bonissoni, Grupo Cultivar

PUBLICIDADE

Comente, sua opinião é Importante!

PUBLICIDADE