PUBLICIDADE Supermercado Vendão
REFORMAS

Governo atende servidores e decide reformar unidades do Indea no Araguaia

O projeto contempla a reforma das 140 unidades do Indea e engloba aquisição de mobiliários e a adequação das redes lógica e elétrica.

15/05/2018 09h38 200 acessos

Governo atende servidores e decide reformar unidades do Indea no Araguaia

Reprodução

PUBLICIDADE Skynet

Uma antiga reivindicação do Sindicato dos Trabalhadores do Sistema Agrícola, Agrário, Pecuário e Florestal do Estado de Mato Grosso (Sintap), órgão que representa os servidores do Instituto de Defesa Agropecuária (Indea), teve um passo importante na última quinta-feira (10.05).

A cobrança do Sintap se diz referente a reformas do Posto Fiscal Aristides Argenta localizado em Vila Rica, na divisa com o Pará, alem disso o Governo do Estado pretende melhorar o atendimento de 39, das 140 unidades de atendimento do Indea, com a assinatura de autorização de repasse de R$ 9,5 milhões advindos do Fundo Emergencial de Saúde Animal do Estado de Mato Grosso (Fesa) e do Fundo Mato-grossense de Apoio à Cultura da Semente (Fase).

Na região Araguaia, alem do Posto Fiscal Aristides Argenta, algumas unidades municipais são alvos do projeto entre elas, Água Boa, Nova Xavantina, Araguainha, Barra do Garças, São Félix do Araguaia e Vila Rica.

Os recursos já estavam disponíveis há algum tempo, mas somente agora é que poderão ser utilizados dando um “refresco”, mas ainda sem matar a sede de tudo o que a autarquia precisa para ter condições de excelência no atendimento. Ainda assim a entidade que representa os servidores desse órgão, o Sindicato dos Trabalhadores do Sistema Agrícola, Agrário, Pecuário e Florestal do Estado de Mato Grosso (Sintap), agradece a ida em direção a essa antiga reivindicação dos servidores que foi ratificada pelo sindicato para ganhar mais força e execução mais célere.

Em sua fala, a presidente do Sintap, Rosimeire Ritter - que foi acompanhada do diretor-geral da entidade, Vânio Luís Brandalise -, lembrou que trabalha no Indea há 22 anos e, vindo do interior, confessa que esse anseio de ver essas unidades reformadas vem ao encontro com o que realmente o trabalhador do interior sofre. “Não só o produtor rural sofre no atendimento, na precariedade das unidades, mas nós, servidores, ficarmos oito horas por dia dentro de um ambiente insalubre é muito complicado”, ressaltou.

O projeto contempla a reforma das 140 unidades do Indea e engloba aquisição de mobiliários e a adequação das redes lógica e elétrica. Nesta sexta-feira (11.05) será inaugurada a unidade de Juína, a primeira a ser contemplada pelo projeto. Contudo, o Sintap tem conhecimento de que o Indea tem um terreno doado pela prefeitura sem ser utilizado e que bem poderia ser um prédio sem ônus de aluguel como o atual. Segundo a presidente do Indea, Daniella Bueno, este é um momento histórico para a autarquia.

“Tem unidades com mais de 20 anos sem reforma e cerca de 30 mil produtores e quase 250 servidores serão beneficiados com a reforma desses primeiros 30 imóveis. As obras irão proporcionar um ambiente de trabalho de qualidade para o servidor e oferecer mais conforto aos clientes do Indea, que são os produtores rurais”.

FONTE: AMZ Noticias com Adriana Nascimento

PUBLICIDADE

Comente, sua opinião é Importante!

PUBLICIDADE