PUBLICIDADE Supermercado Vendão
CENSO

Mais da metade das propriedades rurais em Mato Grosso já foi recenseada pelo IBGE

O objetivo apresentar a estrutura e a logística da coleta, além de prevenir e reverter possíveis recusas de prestação de informações.

09/01/2018 16h39 142 acessos

Mais da metade das propriedades rurais em Mato Grosso já foi recenseada pelo IBGE

Ilustrativa

PUBLICIDADE Skynet

O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) divulgou o balanço da coleta do Censo Agropecuário em Mato Grosso. Até o dia 4 de janeiro de 2018, foram coletados 64.346 questionários, que representam 56,7% da estimativa de 113.459 estabelecimentos agropecuários no Estado. O balanço parcial foi apresentado na última sexta-feira (5), na sede da Unidade Estadual. Conforme a coordenação do Instituto no Estado, quando estiver concluído, os resultados representarão a realidade atual do campo.

Conforme a chefe da Unidade local do IBGE, Millane Chaves, com pouco mais da metade do agro mato-grossense recenseada, é possível destacar algumas informações importantes sobre o perfil atual desse segmento, nesses três meses de levantamento foram coletados 64.346 questionários, representando 55,3% do total de 116.151 estabelecimentos previstos inicialmente.

Millane aproveitou para explicar porque o ritmo dos levantamentos no Estado está abaixo do observado na média nacional do próprio do Instituto. “Mato Grosso atingiu a marca de 50% da coleta no fim de dezembro de 2017, três meses após o início da coleta (outubro). Em média, o Brasil alcançou 50% da coleta no fim de novembro, após dois meses de coleta. Ocasionaram esse atraso o ritmo do processo seletivo para recenseadores que não completou o quadro total de 600 vagas. As peculiaridades do Estado, tais como extensão territorial, período intenso de chuvas, áreas de difícil acesso, explicam a falta de interesse dos candidatos”.

Esse balanço do Censo Agropecuário tem como objetivo apresentar a estrutura e a logística da coleta, além de prevenir e reverter possíveis recusas de prestação de informações. Ademais, o balanço também é usado para anunciar a organização das Comissões Municipais de Geografia e Estatística (CMGEs), que foram instaladas nos 141 municípios de Mato Grosso, assim como o importante papel das parcerias com as Prefeituras, Câmaras Municipais, Assembleia Legislativa, sociedade civil e organizada, sindicatos e associações de produtores rurais.

O último Censo Agropecuário foi realizado há cerca de dez anos, na safra 2006/07. Entre a realização do último Censo e o atual, os dados foram coletados por meio de levantamentos sistemáticos e informações de registros administrativos, que não representam o universo (total) dos informantes rurais. O Censo Agro 2017 garantirá a cobertura de toda a extensão territorial do Estado e o levantamento com todos os informantes.

FONTE: Diário de Cuiabá

PUBLICIDADE

Comente, sua opinião é Importante!

PUBLICIDADE