PUBLICIDADE Supermercado Vendão
ESCALONAMENTO

Estado anuncia nesta 3ª data para pagar servidores que ganham mais de R$ 5 mil

O pagamento era para ter ocorrido na última sexta-feira, mas, por conta da insuficiência de recursos, o pagamento não foi realizado.

13/11/2017 16h24 84 acessos

Estado anuncia nesta 3ª data para pagar servidores que ganham mais de R$ 5 mil

Ilustrativa

PUBLICIDADE Skynet

O Fórum Sindical, organização que agrega 29 sindicatos de servidores públicos do Poder Executivo de Mato Grosso, deve realizar uma assembleia geral unificada em curto espaço de tempo para avaliar as medidas a serem tomadas por conta do atraso dos salários dos servidores que recebem acima de R$ 5 mil. O pagamento era para ter ocorrido na última sexta-feira, mas, por conta da insuficiência de recursos, o pagamento não foi realizado.

Apesar de não deixar claro, o encontro também pode indicar a deflagração de uma greve por parte do funcionalismo. “O Fórum Sindical está se organizando para realizar em curto espaço de tempo uma assembleia geral Unificada e cumprirá essa agenda amanhã junto ao governo”, diz nota publicada nesta segunda-feira pelo presidente do Sindicato dos Servidores Públicos da Saúde do Estado de Mato Grosso (Sisma-MT), Oscarlino Alves, agremiação que também pertence ao Fórum.

Alves explicou, na nota, o adiamento de uma reunião entre o grupo e o secretário de Estado de Fazenda (Sefaz-MT), Gustavo de Oliveira, agendada para esta segunda-feira (13), e transferida para  próxima terça-feira (14). A suspensão do encontro foi solicitada pelo membro do Governo, que afirmou que irá anunciar na terça-feira “o pagamento dos servidores que ainda não receberam”. “O Fórum Sindical tinha uma reunião marcada para hoje à 14h00 para tratar do pagamento dos salários atrasados e que acaba de ser transferida para amanhã às 11h00. O secretário de Fazenda, Gustavo de Oliveira, se justificou dizendo que aguarda a apuração da arrecadação na data de hoje para anunciar amanhã às 11h00 o pagamento dos servidores que ainda não receberam dia 10 a partir de amanhã ou até mesmo na data de amanhã”, diz trecho do comunicado.

DÍVIDAS COM CREDORES

A nota afirma que a pauta da reunião com o secretário de Fazenda ainda traria a discussão do pagamento do 13º salário aos aniversariantes do mês de outubro, que também deveriam ter recebido no dia 10. “Está na pauta a data de pagamento do 13º salário dos aniversariantes de outubro e a compensação financeira pelo dano moral e financeiro junto aos credores e encargos junto a bancos”, narra o comunicado.

Somente os servidores públicos do Poder Executivo com salários até R$ 5 mil foram pagos na última sexta-feira (10). O Governo afirma que eles respondem por 88% do funcionalismo público estadual. 

Mesmo não tendo uma data oficial para o repasse dos subsídios, a nota destaca que não existe negociação sobre o pagamento de salário pois, segundo o Fórum Sindical, ele é “sagrado”. “O Fórum Sindical não está negociando nada ou aceitando nada, até porque data de pagamento de salário é sagrado é inaceitável a mudança com atrasos”, disse a liderança sindical.

 

NOTA PÚBLICA

Senhores Servidores Públicos do Poder Executivo,

O Fórum Sindical tinha uma reunião marcada para hoje (13/11) as 14:00 h para tratar do pagamento dos salários atrasados e que acaba de ser transferida para amanhã as 11:00 h.

O secretário de fazenda, Gustavo de Oliveira, se justificou dizendo que aguarda a apuração da arrecadação na data de hoje para anunciar amanhã as 11:00 h o pagamento dos servidores que ainda não receberam dia 10/11 a partir de amanhã ou até mesmo na data de amanhã (14/11). Está na pauta a data de pagamento do 13º salário dos aniversariantes de outubro e a compensação financeira pelo dano moral e financeiro junto aos credores e encargos junto a bancos.

O Fórum Sindical está se organizando para realizar em curto espaço de tempo uma assembleia geral Unificada e cumprirá essa agenda amanhã junto ao governo.

Lembrando que o Fórum Sindical não está negociando nada ou aceitando nada, até porque data de pagamento de salário é sagrado é inaceitável a mudança com atrasos.

Passaremos informes ao saímos da reunião.

Oscarlino Alves 

Presidente do Sisma/MT

Comente, sua opinião é Importante!

PUBLICIDADE