Economia

Exportação de carne bovina do Brasil volta a ter saldo positivo com retomada de vendas para a China em janeiro

De acordo com a Secex (Secretaria de Comércio Exterior), foram exportadas 140,5 mil toneladas da proteína in natura

05/02/2022 09h20 | Atualizada em 11/02/2022 11h54

PUBLICIDADE

As exportações de carne bovina do Brasil avançaram 31% em janeiro no comparativo anual, com o país efetivamente conseguindo elevar os embarques para seu principal comprador, a China, após um embargo de mais de 90 dias encerrado em dezembro, conforme dados do governo federal divulgados nesta terça-feira (1°).

De acordo com a Secex (Secretaria de Comércio Exterior), foram exportadas 140,5 mil toneladas da proteína in natura no mês passado.

Em dezembro, período de demanda sazonalmente mais aquecida para o setor de carnes, o volume de exportação da proteína bovina do Brasil atingiu 150,9 mil toneladas. Deste total, somente 6,79 mil toneladas foram para o mercado chinês, contra 88,635 mil um ano antes, segundo o Ministério da Agricultura.

Ainda de acordo com a Secex, as exportações brasileiras de soja dispararam de 49,5 mil toneladas em janeiro de 2021 para 2,47 milhões no mês passado, devido à maior disponibilidade de grãos para embarque da safra 2021/22 e maiores estoques de passagem.

FONTE: Eldorado FM com Assessoria

PUBLICIDADE