Opinião

Que 2022 seja de fato um Ano Novo para a região Araguaia – Por Evandro Carlos

Que a população do Araguaia possa refletir mais, e que em 2022 possamos saber escolher nossos líderes

02/01/2022 13h07 | Atualizada em 04/01/2022 09h11

Começamos mais um ano em nossas vidas, e neste efeito de mudança e sonhos, iniciamos o novo ano acreditando que este ano será uma nova fase, e que tudo poderá mudar para melhor que 2022.

2021 foi um ano para ser esquecido por nós moradores da região Araguaia, assim como tantos outros anos que já tivemos, seguimos com velhos problemas na região, sem solução, e ainda por cima perdemos dezenas de pessoas, que ajudaram a contruir nossa sofrida história.

Mas o ano novo nos tras esperança de melhorias, se nada se concretizou em 2021, em 2022 precisamos sermos maiores, e somente unidos seremos capazes de saber o que é melhor para todos nós, afinal de contas, ninguem melhor que nós mesmos para sabermos o que é necessario mudar.

Que em 2022, a região Araguaia possa ter a sabedoria e a maturidade de entender que ninguém melhor do que nós mesmos, juntos com nossos líderes locais, é que somos capazes de resolver os nossos próprios problemas.

Que a população do Araguaia possa refletir mais, e que possamos saber escolher nossos líderes, afinal de contas, não é mais aceitável que problemas continuem sem solução no Araguaia.

Não podemos esperar outro ano, para que se conclua o anel viário de Barra do Garças, uma obra que sem sua conclusão causa enorme transtornos a principal cidade da região Araguaia, não podemos ficar esperando que as áreas produtoras da região Araguaia aguardem por obras e estradas, afinal de contas Mato Grosso é o estado do agronegócio, e a região Araguaia sua última e mais vasta fronteira agrícola.

Não é mais possível ficarmos esperando a boa vontade da bancada federal de Mato Grosso, para a conclusão da pavimentação do trecho de chão da BR158, que infelizmente impede a integração de toda região do Araguaia, que em 2022, o Hospital Regional do Norte Araguaia saia de fato do papel e da promessa.

Em 2022, teremos eleições e somente os líderes políticos são capazes de mudar a nossa realidade, mas a escolha dos líderes políticos, depende de nossa boa vontade, pois somos nós que temos o poder de voto e de fazer a mudança, por isso é preciso que todos nós como população, estejamos conscientes e que possamos entender que só nós mesmos é que podemos buscar a solução de nossos problemas.

É preciso entender que quando se vota em que não e da região Araguaia, se pratica aquela velha história, da pessoa que nunca foi pai ou mãe, querer explicar o sentimento, as vantagens e os problemas de ser pai ou mãe, por isso é preciso entender que quem tem capacidade e necessidade de resolver os problemas do Araguaia, são os nesta imensa região vivem.

O que eu quero em 2022, é que que a população do Araguaia saiba escolher seus líderes, sem importar se são de Ribeirãozinho, Barra do Garças, Xavantina Água Boa, Confresa, Cascalheira, Vila Rica, Porto Alegre do Norte ou São Félix do Araguaia, o que importa é que esses líderes conheçam e saibam das nossas necessidades, e que vivam juntos conosco estes graves problemas.

2022 é ano de reflexão a todos nós do Araguaia, e que possamos deixar de lado nosso ego, e que possamos analisar e ver a capacidade de chegar de cada candidato, e assim vamos escolher aquilo que temos de melhor para juntos transformar o Araguaia na região mais bonita e próspera do Brasil, então que 2022, se torne de fato um Ano Novo.

*Evandro Carlos é jornalista e convive com a região Araguaia desde 1986

PUBLICIDADE