PUBLICIDADE
Mundo Rural

Empaer cadastra famílias indígenas do Araguaia para Fomento às atividades produtivas rurais

A previsão é atender 60 famílias indígenas em situação de pobreza inscritas no Cadastro Único com renda per capita de até R$ 89,00

06/12/2020 17h58 | Atualizada em 06/12/2020 18h10

Técnicos da Empresa Mato-grossense de Pesquisa, Assistência e Extensão Rural (Empaer) do município de Água Boa, realizaram na ultima semana reuniões nas aldeias indígenas Água Quente, Babaçu, Serra Nova e Tripá, da etnia Xavante. A ação foi para divulgar o recurso na ordem de R$ 2.400,00 por família do Programa Fomento às Atividades Produtivas Rurais do Governo Federal.

A previsão é atender 60 famílias indígenas em situação de pobreza inscritas no Cadastro Único com renda per capita de até R$ 89,00. O técnico agropecuário da Empaer, Alison Lucas Lorenzon, fala que será realizado no mês de dezembro o diagnóstico socioeconômico nas aldeias, que permite avaliar as características das comunidades, habilidades e vantagens, e identificar fatores limitantes que impeçam o seu desenvolvimento e confeccionar a Declaração de Aptidão do Pronaf (DAP) aos indígenas. No início do ano de 2021, serão montadas as propostas para realização do projeto produtivo.

Segundo Alison, a ideia é utilizar os recursos para implantar os Sistemas Agroflorestais (SAF’s), ou seja, consórcios de culturas agrícolas com espécies arbóreas e frutíferas que serão utilizadas para complementar a alimentação de toda população das aldeias e ainda, recuperar áreas degradadas e gerar renda. “A intenção é fazer um mix com as culturas de banana, mamão, pequi, abacate, pinha, mandioca, feijão, abóbora, melancia e olerícolas”, explica.

Os técnicos da Empaer serão responsáveis pela identificação, mobilização, assistência técnica e extensão rural aos agricultores, com orientações quanto à aplicação do recurso no projeto produtivo. Contam com a colaboração do Centro de Referência em Assistência Social (CRAS), Sindicato dos Trabalhadores Rurais, Serviço de Saúde Indígena (SESAI) e Fundação Nacional do Índio (FUNAI).

FONTE: Redação de Jornalismo da Radio Eldorado FM 87,9

Comente, sua opinião é Importante!

PUBLICIDADE