PUBLICIDADE
Curiosidades

Estudo aponta que expectativa de vida dos mato-grossenses chegou a 74,9 anos

Mato Grosso ficou em 12º lugar no ranking dos estados com maior esperança de vida ao nascer.

27/11/2020 21h12 | Atualizada em 30/11/2020 09h28

Cada pessoa nascida em Mato Grosso em 2019 tem a expectativa de viver, em média, até os 74,9 anos. Em 2018, era de 74,7 anos. Com isso, Mato Grosso ficou em 12º lugar no ranking dos estados com maior esperança de vida ao nascer. A expectativa de vida dos homens foi de 71,8 anos, enquanto a das mulheres foi de 78,5 anos.

A maior esperança de vida ao nascer pertenceu a Santa Catarina, 79,9 anos, 3,3 anos acima da média nacional de 76,6 anos. No ano anterior, o Brasil tinha expectativa de 76,3 anos. Os dados são da Tábua Completa de Mortalidade, divulgada anualmente pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

A também chamada tábua de vida é feita com a projeção oficial da população do Brasil para o período 2010-2060, que além de permitir que se conheçam os níveis e padrões de mortalidade da população brasileira, tem sido utilizada como um dos parâmetros necessários na determinação do fator previdenciário para o cálculo das aposentadorias dos trabalhadores que estão sob o Regime Geral de Previdência Social.

Tais indicadores têm associação direta com as condições sanitárias, de saúde e de segurança da população, sendo um modelo importante para avaliar e introduzir os ajustes necessários nas políticas sociais voltadas para a sociedade como um todo.

Segundo a pesquisa, a probabilidade de um recém-nascido em Mato Grosso em 2019 não completar o primeiro ano de vida era de 15,8 a cada mil nascimentos. Em 2018, era de 16,1 por mil. Entre os bebês do sexo masculino, a taxa de mortalidade infantil foi de 17,1 a cada mil nascimentos e, entre os do sexo feminino, de 14,4 por mil.

A taxa brasileira foi de 11,9 por mil. A meta dos objetivos do desenvolvimento sustentável (ODS) para o Brasil é de, até 2030, reduzir a mortalidade neonatal para, no máximo, 5,0 por mil.  A probabilidade de um mato-grossense com 60 anos de idade em 2019 atingir os 80 anos é de 566 em mil, enquanto em 1980 era de 268 em mil. No Brasil, ficou em 604 em mil em 2019, contra 344 em mil em 1980. A esperança de vida aos 60 e aos 65 anos ficou, respectivamente, em 21,7 anos e 18 anos no estado.

FONTE: Radio Eldorado FM 87,9 com G1MT

Comente, sua opinião é Importante!

PUBLICIDADE