PUBLICIDADE Supermercado Vendão
CONTRATAÇÃO

Governo pode contratar mais de 40 mil servidores por meio de concurso em 2019

O número é o dobro de 2018 e tem o objetivo de preencher cargos vagos, ou para substituir terceirizados.

10/06/2019 08h35 | Atualizada em 10/06/2019 08h48

Governo pode contratar mais de 40 mil servidores por meio de concurso em 2019

Reprodução

De acordo com o projeto de lei orçamentária anual (PLOA) para este ano, o Governo pode contratar até 40.632 servidores para concursos público em 2019. O número é o dobro de 2018 e tem o objetivo de preencher cargos vagos, ou para substituir terceirizados. O projeto também prevê a criação de 2.095 novos cargos. Apesar de haver uma reserva orçamentária, ainda não existe previsão para a autorização de seleções.
 
As 2.095 vagas ofertadas serão para preencher o quadro de pessoal das universidades das regiões de Catalão (GO), Delta do Parnaíba (PI), Rondonópolis (MT), Jataí (GO) e Agreste de Pernambuco (PE), além da Agência Nacional de Águas (ANA). No último mês de dezembro, o Ministério do Planejamento informou que os concursos públicos para o poder executivo são restritos, devido ao ajuste fiscal. Os números apresentados são previsões de preenchimento de cargos e contratações em 2019.Entre as 40.632 vagas que podem ser preenchidas em 2019, 36.056 são para cargos civis, sendo 70% deles para o Ministério da Educação, 230 para substituição de terceirizados, 2.320 para o efetivo militar e 2.026 para policiais civis, militares e bombeiros do Distrito Federal. A grande demanda para o Ministério da Educação se deve ao fato de ter muita rotatividade de professores.
 
Polícia Federal, Polícia Rodoviária Federal (PRF), Agência Brasileira de Inteligência (Abin) e Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan) são alguns dos concursos previstos para este ano e que podem aproveitar essas oportunidades. O número de provimentos é o mais alto desde 2014. Naquele ano, foram 59.571 provimentos autorizados. 2018 teve a metade do que é previsto para 2019: 20.298.
 
O poder legislativo e judiciário podem autorizar as contratações de forma independente. São 2046 vagas para provimento, sendo que a esmagadora maioria fica com o setor judiciário, com 1.916 vagas no total, enquanto o legislativo possui apenas 130 vagas. Para o Ministério Público da União e Conselho Nacional do Ministério Público, ainda estão previstas mais 12, e para a Defensoria Pública da União, 455 vagas. O poder judiciário ainda prevê a criação de 677 vagas, enquanto a Defensoria Pública da União possui uma estimativa de 1.582 novos postos.
 
Concursos no Mato Grosso do Sul
 
No estado do Mato Grosso do Sul, há previsão para os seguintes concursos: IFMS - Instituto Federal de Educação do Mato Grosso do Sul, Prefeitura de Bonito, Prefeitura de Brasilândia, Prefeitura de Eldorado, TCE/MS - Tribunal de Contas do Mato Grosso do Sul, UEMS - Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul, UFGD - Universidade Federal da Grande Dourados e outras. Para a região do Vale do Araguaia, estão divulgados: Câmara de Santa Rita do Araguaia e Prefeitura de Cáceres, por enquanto.

FONTE: Carolina Glogovchan /ARAGUAIA NOTÍCIA

Comente, sua opinião é Importante!

PUBLICIDADE