PUBLICIDADE
INVESTIMENTO

Energia solar no campus da Unifesspa em Santana do Araguaia gera economia de R$ 40 mil por mês

Foram investidos R$ 178 mil de recursos provenientes do MEC.

17/08/2020 09h56 | Atualizada em 17/08/2020 09h59 1 comentario

Energia solar no campus da Unifesspa em Santana do Araguaia gera economia de R$ 40 mil por mês

Ilustrativa

Na última semana, a Universidade Federal do Sul e Sudeste do Pará (Unifesspa) deu mais um importante passo rumo à sustentabilidade, com a ativação da usina de energia solar fotovoltaica do campus de Santana do Araguaia. São 168 placas solares com capacidade de gerar 4.300 kWh/mês, o que torna o prédio autossuficiente no consumo de energia e resulta em uma economia estimada de quase R$ 40 mil ao ano.  

A instalação desse modelo sustentável de energia representa significativo avanço tecnológico para a cidade, que ainda utiliza a combustão (por motor a diesel) para gerar energia elétrica. A produção de energia pela queima de combustíveis fósseis é considerada nociva, pois provoca diversos tipos de poluição (atmosférica, sonora e ambiental) e contribui para o aquecimento global.

“Ao dar exemplo de evolução e construção sustentável, a Unifesspa protagoniza mais uma importante obra, agora na área de energia renovável, e faz a diferença para a sociedade de Santana. Esperamos continuar contribuindo, como instituição de ensino e pesquisa, no desenvolvimento e na transferência tecnológica”, ressalta o engenheiro eletricista e chefe da Divisão de Serviços de Engenharia e Manutenção (Disem/Sinfra), Dhonny Lima.

Para aquisição dos painéis de Santana, foram investidos R$ 178 mil de recursos provenientes do Ministério da Educação (MEC). Eles foram instalados no novo Bloco de Laboratórios, inaugurado em março deste ano. O prédio tem capacidade para atender até 200 estudantes, por dia, dos cursos de Matemática, Engenharia Civil e Arquitetura e Urbanismo.

“A Unifesspa de Santana do Araguaia (IEA) está sempre buscando maneiras de alinhar a sustentabilidade no ensino, pesquisa e extensão. Uma forma de desenvolvimento sustentável está nos recursos energéticos renováveis, que estão em constante expansão. Por isso, a universidade busca soluções para minimizar os danos ambientais provocados pela demanda de energia, inclusive do setor elétrico”, declarou o Diretor do Instituto de Engenharia do Araguaia, professor Carlos Maviael.

Atualmente, a Unifesspa possui usinas fotovoltaicas, instaladas ou prestes a ser ativadas, em todos os campi da instituição. O engenheiro Dhonny explica que o parque de geração fotovoltaica da Unifesspa tem a projeção de chegar próximo de 1MWp de potência instalada até o final deste ano. “Em pleno funcionamento, será possível gerar, em média, quase 100 mil kWh/mês”, diz. Nas próximas semanas deverão ser ativadas novas usinas no campus Rondon do Pará, São Félix do Xingu (primeiros painéis), Marabá (Unidades II e III) e Xinguara.

FONTE: Ascom Unifesspa

1 COMENTÁRIO

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

  1. 먹튀검증That's exactly what I was looking for. 먹튀검증The country I live in is 안전놀이터 I think this article in 토토사이트 will be very helpful.꽁머니 Do you know about 꽁머니? It's not that famous, but you'll find it interesting enough for you to come and talk to 안전놀이터. Thank you.스포츠중계

Comente, sua opinião é Importante!

PUBLICIDADE