ANO LETIVO DE 2020

Conselho Estadual de Educação define normas para a reorganização do calendário escolar

As medidas devem ser adotadas pelas instituições pertencentes ao sistema estadual de ensino (público e privado), em razão da pandemia provocada pela Covid-19.

22/06/2020 08h15 | Atualizada em 22/06/2020 08h22 2 comentarios

Conselho Estadual de Educação define normas para a reorganização do calendário escolar

Reprodução

O Conselho Estadual de Educação (CEE) publicou no Diário Oficial do Estado, que circula nesta sexta-feira (19.06), a Resolução Normativa 003/2020 que dispõe sobre as normas de reorganização do calendário para o ano letivo de 2020. As medidas devem ser adotadas pelas instituições pertencentes ao sistema estadual de ensino (público e privado), em razão da pandemia provocada pela Covid-19.

A resolução foi homologada pela Secretaria de Estado de Educação (Seduc), que é responsável pela educação básica, e a Secretaria de Estado de Ciência, Tecnologia e Inovação (Seciteci), responsável pelos ensinos médio técnico e superior.

A resolução orienta as instituições de ensino vinculadas ao Conselho Estadual de Educação de Mato Grosso a adotarem as providências necessárias e suficientes para assegurarem o cumprimento dos dispositivos da Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional (LDBEN) 9.394/96 e atender a Medida Provisória 934/2020, que define como obrigatório o cumprimento das 800 horas no ano letivo de 2020.

Conforme a resolução, as instituições de ensino públicas ou privadas da educação básica, e públicas de educação superior, deverão reorganizar seus calendários para o ano letivo de 2020. Além de aulas presenciais, essas instituições podem realizar atividades pedagógicas não presenciais, mas devem ser precedidas da interação entre o professor, o estudante e a família.

As atividades pedagógicas não presenciais poderão ocorrer por meio de videoaulas, conteúdos organizados em plataformas virtuais, redes sociais, correio eletrônico, programas de TV ou rádio, material didático impresso, entre outros.

O cumprimento da carga horária mínima prevista poderá ser feito por meio de reposição da carga horária de forma presencial e por contagem da carga horária de atividades pedagógicas não presenciais, que poderão ser realizadas tanto durante o período de restrições sanitárias para a presença dos alunos nos ambientes escolares ou concomitantemente durante o período das aulas presenciais, quando retornar às atividades.

A reposição de carga horária de forma presencial se dará pela programação de atividades escolares no contraturno ou em datas programadas no calendário original, como dias não letivos, podendo se estender para o ano civil seguinte, observando a legislação vigente.

A reorganização do calendário poderá alterar a programação para o recesso, bem como o período de provas, exames, reuniões docentes, datas comemorativas e outros, observando a legislação pertinente quanto a questões de cunho cultural e religiosa.

Todas as alterações propostas para a reorganização do calendário deverão ser encaminhadas aos órgãos de supervisão, para monitoramento.

O registro das atividades e da participação efetiva dos docentes e estudantes devem ser validados pela instituição ao final do período de excepcionalidade, conforme planejamento elaborado, como comprovação do cumprimento da reorganização do calendário proposto.

As instituições, que optarem por desenvolver atividades pedagógicas não presenciais, devem elaborar, no prazo de até 30 dias, um Plano Pedagógico Estratégico e encaminhar às Assessorias Pedagógicas (no caso da educação básica) e para a Superintendência da Seciteci (no caso das instituições profissional e superior pública) contendo as justificativas, objetivos das atividades, contextualização, metodologia, divulgação, recursos e ferramentas e avaliação da aprendizagem.

Já as escolas que paralisaram e não adotaram o sistema de atividades pedagógicas não presenciais deverão, após definido retorno às aulas, apresentar novo calendário para o ano letivo de 2020 aos órgãos de supervisão demonstrando como se dará a reposição das aulas.

Ainda segundo a Resolução, compete aos mantenedores das instituições públicas e filantrópicas a decisão da manutenção da oferta da alimentação escolar durante o período em que permanecerem as medidas de prevenção à Covid-19, bem como a forma de organização com que será feita a sua entrega.

Os Conselhos Municipais de Educação poderão adotar esta resolução ou admitirem resoluções próprias ou de semelhante teor, em regime de colaboração, respeitadas a autonomia dos sistemas.

FONTE: mt.gov.br

2 COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

  1. 가장 확실한 먹튀검증 커뮤니티 Nice to meet you. 먹튀검증 I run a site 먹튀신고 that uploads posts similar to yours. 먹튀 Your post is really different. 먹튀검증업체 I really enjoyed reading it. 먹튀커뮤니티 What did you think of this post? 먹튀사이트검증 That's great. 먹튀사이트 I wish I had your writing skills. 메이저놀이터 I envy you. 메이저안전놀이터추천 It's not enough for you, 메이저놀이터추천 but there's a lot uploaded 메이저놀이터 on my site. 사설토토 There are also uploaded contents 메이저사설토토 that you may be interested in, 사설토토사이트추천 so please visit and read 사설토토사이트 them and leave your comments. 사설놀이터 I'd be very happy if you could. 안전놀이터 I think it'll help me a lot. 토토안전놀이터 Anyway, 안전놀이터 thank you again 토토사이트 for allowing me 토토추천 to read these posts 메이저토토사이트 and I will visit your website often. 먹튀없는토토사이트 Well, 토토사이트추천 thank you very much. 토토사이트

  2. 먹튀검증Thank you for providing such useful information.먹튀검증 I am so happy that 안전놀이터I finally found the information I was looking for.토토사이트 I think your information could be used in a variety of ways.꽁머니 Thank you for your efforts to provide this information. 안전놀이터There's a lot of good information on my site,스포츠중계 so please visit and check it out. 꽁머니Thank you.

Comente, sua opinião é Importante!

PUBLICIDADE