PUBLICIDADE
EDUCAÇÃO

Sintep/MT realiza XVII Congresso Estadual a partir desta quinta (28.11)

Os enfrentamentos vivenciados com os desmontes do financiamento da Educação, do Plano Nacional de Educação, a partir do corte de recursos públicos, criam uma nova perspectiva de futuro para o país.

28/11/2019 09h59 | Atualizada em 30/11/-0001 00h00

Sintep/MT realiza XVII Congresso Estadual a partir desta quinta (28.11)

Reprodução

O Sindicato dos Trabalhadores no Ensino Público de Mato Grosso (Sintep/MT) realiza a partir desta quinta-feira (28.11), às 8h, no Hotel Fazenda Mato Grosso, em Cuiabá, os três dias (28 a 30.11) de debates no XVII Congresso Estadual do Sintep/MT 2019. Com o tema “EDUCAÇÃO E O MUNDO DO TRABALHO: “Um projeto de educação para que projeto de nação?” os delegados e delegadas dos 141 municípios do estado traçarão os Planos de Luta da categoria.

Para além das reavaliações estatutárias estará em debate a realidade da educação frente à desconstrução de direitos dos estudantes, profissionais e classe trabalhadora. Os enfrentamentos vivenciados com os desmontes do financiamento da Educação, do Plano Nacional de Educação, a partir do corte de recursos públicos, criam uma nova perspectiva de futuro para o país. 

As prioridades dos recursos para o mercado financeiro e a redução para as políticas sociais comprometem os resultados traçados para a qualidade e o acesso da educação para todos e todas, bem como para a valorização dos profissionais da educação. 

Diante do atual cenário, o XVII Congresso terá como objetivo fazer os debates de importância e relevância necessários para a dimensão das lutas vivenciadas pelos trabalhadores/as da educação em Mato Grosso e no País. 

Debatedores abrem Congresso abordando Educação e o Mundo do Trabalho

“Educação e o Mundo do Trabalho: Um Projeto de Educação para que projeto de Nação? é o tema do XVII Congresso Estadual do Sindicato dos Trabalhadores no Ensino Público de Mato Grosso (Sintep/MT) em 2019.  A abertura quinta-feira (28.11), a partir das 8h, no Hotel Fazenda Mato Grosso, em Cuiabá, terá palestra com Combertty Rodriguez, coordenador do escritório regional da Internacional da Educação para América Latina (IEAL) e a PhD em Ciência Sociais, Fabiane Previtali, da Universidade Federal de Uberlândia (MG).

O professor Rodriguez, da Costa Rica, trará para o debate o cenário de desmonte registrado em toda a América Latina. O reflexo do desmonte abrange toda o continente sulamericano, com privatizações e mercantilização, em especial na Educação, desmontando os direitos sociais. 

Em entrevista publicada em 2018, o professor Combertty já anunciava o cenário dos impactos da privatização na educação e os resultados sociais. Na ocasião, esclareceu que a aliança entre público e privado, na qual o setor público põe os recursos e o privado lucra, tem na educação um alvo significativo e traz junto com ela uma estratégia antissindical. “Os movimentos sindicais de educação estão sendo golpeados, porque se opõem a uma reforma educativa regressiva”, disse.  

No mesmo painel de debate, a doutora em cientista política, Fabiane Previtali (UFG – MG).  A pesquisadora reúne durante toda sua Formação Superior, atuação sobre os temas estruturação produtiva, trabalho, educação, qualificação profissional, formação docente e movimentos sociais. Tendo como base todo o conhecimento construído apresentará as perspectivas sobre o tema central do XVII Congresso do Sintep/MT.

A mesa terá a mediação dos dirigentes do Sintep/MT, professora Maria Celma Oliveira, e professor Bartolomeu Basili. A programação encerra as atividades do período da manhã e volta no período da tarde, as 14h, com o painel “O Financiamento, a Formação e a Valorização Profissional dentro do PNE, a visão Limitada e Mercantilista do Governo Neoliberal”.

O XVII Congresso Estadual do Sintep/MT 2019 terá três dias de debates reunindo representantes da educação dos 141 municípios de Mato Grosso. 

Comente, sua opinião é Importante!

PUBLICIDADE